engordar a fazer dieta

Ganhar peso a fazer dieta? Acontece! Saiba porquê

GGanhar peso a fazer dieta pode parecer-lhe um contra-senso mas trata-se, na verdade, de uma queixa muito comum. Sabe porque pode estar a fazer uma dieta para emagrecer e, mesmo assim, a ganhar peso? Se não sabe, está na hora de descobrir com o 1001 Dietas

Esta é uma história que já ouvimos (ou contámos): “tenho feito dieta, ando sempre com fome e mesmo assim estou a ganhar peso”. Parece estranho, descompensado e até um pouco irreal… mas acontece e existem motivos específicos que fazem com que assim seja. 

Numa época onde milhares de pessoas se dedicam a tentar conquistar o seu corpo de sonho, apostando na alimentação saudável e no exercício físico, são cada vez mais as dietas da moda, que nos levam do 8 ao 80, na busca pela vida fit. 

Ganhar peso a fazer dieta

Dietas variadas, como a dieta da água ou a dieta japonesa; juntam-se a exercícios como os treinos calisténicos ou o spinning; e fazem-se a par com os planos nutricionais estruturados por empresas, como acontece com a dieta LEV ou a dieta Easyslim.

As soluções prometidas pelas fórmulas de muitas destas dietas passam pelo “emagrecimento rápido”. Mas, para muitas pessoas, esta promessa não se concretiza ou, mesmo concretizando, acaba por ter uma curta duração. 

Se quer saber as razões pelas quais pode estar a ganhar peso a fazer dieta, este é o artigo certo para si. 

1. As dietas restritivas e o ganho de peso

Quando as pessoas iniciam uma dieta, o objetivo é simples: perder peso. Pode parecer bastante linear: restringir determinados tipos de alimentos, frequentemente descritos como nocivos; reduzir as quantidades; escolher opções mais saudáveis. Está posta a mesa para que se perca peso… mas será que está mesmo? 

Sophie Deram é a nutricionista responsável pela obra best-seller “O peso das dietas” e é nesta obra que revela que, após dietas restritivas, 95% das pessoas volta a ganhar peso (e muitas vezes mais do que foi perdido). 

Além da tendência pós-restrição seja ganhar peso, essa não é a única razão do insucesso das dietas. O organismo humano passa, neste tipo de circunstâncias, também por uma adaptação metabólica, que pode fazer ganhar peso mesmo durante a dieta. 

O que é a adaptação metabólica?

A adaptação metabólica é o processo orgânico mediante o qual o organismo, perante uma situação de corte no fornecimento energético devido à redução na ingestão calórica promove uma adaptação às novas circunstâncias. 

Esta adaptação passa por alterações a nível metabólico (uma redução/desaceleramento do metabolismo) e hormonal (nomeadamente das que criam a sensação de fome, como o cortisol). Isto significa que, ao longo do processo de restrição alimentar, a pessoa que faz dieta começará a sentir mais fome, podendo inclusivamente desenvolver uma compulsão alimentar. 

Além disso, as dietas restritivas não levam apenas à perda de massa gorda, havendo uma redução, também, da massa muscular. Com a redução da massa magra, que é um tecido metabolicamente mais ativo, o próprio metabolismo basal passa a ser mais lento, o que prejudica, também, a dieta. 

2. Ganhar peso a fazer dietas da moda

Claro que, na tentativa de contrariar a redução do metabolismo basal e de impedir a estagnação do peso ou o seu aumento, muitas dietas vieram a tornar-se ainda mais restritivas. 

Dietas da moda, como é o caso da dieta detox, da dieta da água ou da dieta japonesa propõem fórmulas ainda mais restritivas, que prometem o sucesso global de qualquer pessoa que a siga, sem considerarem fatores individuais e únicos, como o estilo de vida, as preferências e a rotina de cada pessoa. 

Totalmente inadaptáveis à vida da maioria das pessoas, estas dietas acabam por pôr em causa, não só o sucesso da própria dieta, mas também a saúde de quem tenta fazê-la. Perdas de peso céleres e quase milagrosas poderão, de facto, ocorrer, mas a ausência de determinados nutrientes, a par com a sensação constante de fome, poderão fazer com que depressa o organismo tenha respostas negativas e crie desejos alimentares intensos. 

Desta forma, mesmo quem perde peso com a dieta, acaba, por norma, por retomar o peso ou ganhar mais peso do que tinha sido perdido, acumulando gordura mesmo onde antes existira massa magra. 

3. Como evitar ganhar peso a fazer dieta?

Mesmo para quem convive com problemas severos de excesso de peso deve saber: a obesidade não tem de ser um peso para toda a vida e é possível fazer uma dieta com resultados positivos. Esta dieta poderá não ter resultados tão rápidos como os prometidos pelas dietas que acima descrevemos mas, a longo prazo, será certamente mais eficaz. 

Um estilo de vida saudável, que integre uma alimentação regrada, assente na moderação e no fornecimento vitamínico e mineral; a par com a realização de exercícios adequados ao seu peso, idade e capacidade será a melhor forma de evitar ganhar peso a fazer dieta. 

10 dicas para evitar ganhar peso a fazer dieta

1. Procure um nutricionista; 
2. Aposte numa dieta pensada à medida para si; 
3. Não tenha pressa. Uma perda de peso mais lenta mas com resultados permanentes é preferível a uma dieta rápida e seguida de um novo ganho de peso; 
4. Aposte na moderação em vez da restrição; 
5. Tenha atenção à forma de confecção dos alimentos (por exemplo, na escolha da gordura alimentar: manteiga ou margarina?; óleo ou azeite?) 
6. Descubra os benefícios dos alimentos e aproveite-os (por exemplo, os benefícios do açaí, dos frutos secos ou do salmão); 
7. Pratique exercício adequado a si (seja ele uma simples caminhada, running, treinos calisténicos ou crossfit); 
8. Não tenha medo de procurar a ajuda de um profissional e aproveite os conhecimentos de um personal trainer; 
9. Não coloque o emagrecimento à frente da sua saúde; 
10. Acima de tudo, não desista! 

Já sabia o risco de ganhar peso a fazer dieta? Já lhe aconteceu algo semelhante? Conte a sua história aos restantes leitores do 1001 Dietas. 

Algumas fontes:  everydayhealth bornfitness vidaativa sophiederam 
livestrong chopra

Poderá gostar também de:

Ácido fólico engorda: será mito ou realidade?

Sem Comentários

Escreva um comentário