O que é o EPA

O que é o Funcho

O que é o Funcho

O funcho é um aliado do emagrecimento mas, além disso, tem muitas outras vantagens para o organismo. Quer descobrir quais? Faça-o com o 1001 Dietas.

1. Para que serve o funcho?

O funcho trata-se de uma planta medicinal que serve simultaneamente para melhorar diversas funções orgânicas e para usos culinários. As suas sementes, conhecidas como erva-doce, são ingrediente de vários doces tradicionais. Para a saúde, esta planta contribui ao promover o reforço imunitário, o emagrecimento e também a melhoria do funcionamento do sistema digestivo.

2. Como funciona o funcho?

O funcho atua no organismo devido às suas diversas propriedades, entre as quais se inclui a ação diurética, antiespasmódica, anti-inflamatória, expectorante e estimulante. Esta é ainda rica em minerais e vitaminas essenciais para o corpo humano.

3. Benefícios do funcho para a saúde

O funcho tem diversos benefícios para a saúde humana. Entre estes, encontram-se os seguintes:

– Melhoria do sistema digestivo;
– Promoção da sensação de saciedade;
– Redução do apetite e decorrente emagrecimento;
– Melhoria do trânsito intestinal;
– Prevenção de infeções urinárias;
– Desintoxicação hepática;
– Reforço do sistema imunitário;
– Prevenção de constipações, amigdalites e bronquites;
– Melhoria das dores de estômago;
– Alívio das dores menstruais.

4. Efeitos da falta de funcho no organismo

Não existem efeitos adversos da falta de consumo de funcho. No entanto, o seu consumo pode ser muito benéfico para o organismo.

5. Dose diária recomendada de funcho

A dosagem recomendada para o funcho depende grandemente da forma como este é integrado na nossa rotina. Assim:

– Chá de funcho: 1 chávena por dia com 10 a 30 gramas por litro de água;
– Extrato seco: diariamente entre 0,3 e 2 gramas;
– Extrato fluido: cerca de 25 gotas, até 3 vezes por dia;
– Cápsulas: entre 1 e 4 gramas;

6. Sobredosagem do funcho e seus efeitos no organismo

Quando as doses recomendadas são excedidas as pessoas podem sentir os efeitos neurotóxicos devido à presença do anetol nesta planta. Isto pode resultar em cansaço, sonolência ou convulsões.

7. Fontes naturais de funcho

O funcho é, em si, um produto natural Este pode ser consumido sob a forma de infusão, de óleo ou de xarope, sendo ainda possível encontrá-lo em cápsulas. Na forma natural podem ainda ser usadas as folhas, o caule e as raízes para temperar pratos ou integrar saladas. As sementes são muito aclamadas para a confecção de doces.

Conheça também o lúpulo os benefícios do seu consumo.

3

Sem Comentários

Escreva um comentário