in

Whey protein no desporto, benefícios e riscos deste suplemento

O uso da whey protein no desporto é cada vez mais frequente e, provavelmente, se costuma praticar atividade física, já ouviu falar deste suplemento. Sabe do que se trata? Conhece os benefícios e os riscos da whey protein no desporto?

Então, este artigo do 1001 Dietas é mesmo para si!

Existe quem lhe chame evolução. Existe quem lhe chame moda.

Independentemente do que lhe chamemos, a verdade é que o mundo está a mudar e a Geração Fit está aí, preocupada com o corpo, quer a nível visual como em termos de saúde.

Esta nova realidade, que pauta os nossos dias, leva-nos a correr para os ginásios, a envolver-nos em novas atividades, a aprender novas rotinas e a mudar a nossa dieta.

E, sem dúvida, desta nova forma de viver, fazem parte vários suplementos. Falamos em suplementos multivitamínicos e no suplemento alimentar super alimento.

Mas também de bebidas proteicas, de pós, de xaropes e de águas enriquecidas.

Novas ligações começam a ser formuladas. O cardio e a perda de peso.

Os sumos detox e a limpeza do organismo. A musculação e as estrias. Relações que se estabelecem e promovem ou combatem no sentido de cumprir os objetivos estipulados por cada um de nós.

Dentro do mundo dos suplementos, muitas são as novidades que surgem diariamente, para dar resposta a um consumo que é, também, cada vez maior.

Com maior ou menor eficácia, estes suplementos começam a integrar a rotina das pessoas e, por isso mesmo, a comunidade clínica e científica tem-se debruçado sobre os seus efeitos, tentando compreender, não só a medida da sua ação, mas também os eventuais benefícios e riscos que lhe estão associados.

Um dos suplementos mais aclamados por aqueles que praticam desporto é a whey protein. E, hoje, é sobre ele que nos debruçaremos. Iremos saber quais os benefícios e riscos da whey protein no desporto e ficar a saber mais sobre o seu uso regular.

Quer saber mais sobre a whey protein no desporto?

Venha descobrir com o 1001 Dietas.

1. Whey protein no desporto whey protein no desporto

A whey protein é, provavelmente, o suplemento mais conceituado pelos praticantes de desporto.

Este suplemento consiste na proteína do soro do leite, cuja extração é realizada, por micro e ultrafiltração, ao longo do processo que leva à transformação do leite em queijo.

Embora o nome seja o mesmo, a verdade é que, consoante a sua concentração, é possível encontrar no mercado três tipos deste suplemento.

O primeiro é a versão concentrada do mesmo, que contém entre 70% e 80% de proteínas e é recomendado para quem procura ganhar massa muscular.

O segundo é o whey protein isolado, com uma concentração perto de 95% e que se recomenda, por norma, a quem procura emagrecer e definir o corpo, durante dietas onde ocorra uma severa redução no número de calorias ingeridas.

Por fim, é ainda possível encontrar a sua variante hidrolisada que, devido à quebra das suas cadeias proteicas é mais facilmente absorvida pelo organismo.

A whey protein no desporto, principalmente se considerarmos que este é cada vez mais um mundo competitivo, é visto como uma forma de melhorar a performance dos atletas.

Para os “atletas amadores”, esta é vista como uma forma de garantir o aumento da massa magra e estimular o organismo para a conquista dos objetivos propostos.

Ainda assim, os especialistas que se têm debruçado sobre este suplemento têm sentimentos contraditórios quanto a ele.

Por um lado, vêem potenciais benefícios no seu consumo.

Por outro, enumeram eventuais riscos para a saúde mediante a sua toma.

Além disto, estudos recentes, como o levado a cabo por Davi Santana e publicado na Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício demonstram que, embora ofereça resultados, estes não são substanciais quando comparados com o consumo de outras fontes de hidratos de carbono e proteínas.

2. Os benefícios deste suplemento

Ganhar massa muscular é, provavelmente, o primeiro objetivo dos que consomem whey protein no desporto.

Isto porque um dos principais benefícios do consumo deste suplemento é a reparação muscular das lesões realizadas durante a prática do exercício físico.

Além de favorecer a reparação e crescimento muscular, pela promoção da retenção de nitrogénio no corpo, este suplemento é ainda conhecido pela forma como ajuda a reduzir os sintomas associados ao treino intenso e pela sua ação no reforço do sistema imunológico.

Estes benefícios relacionam-se, pois, com a sua ação antioxidante.

Tratando-se de uma proteína de absorção rápida, esta é considerada benéfica para evitar situações de hipertrofia muscular e, quando aliada a uma rotina saudável e a uma alimentação equilibrada, o seu consumo parece promover a perda de peso, ao mesmo tempo que ajuda a definir o corpo.

Por fim, alguns estudos realizados ao longo dos anos, demonstraram que o “mau colesterol” (LDL) tende a reduzir com o consumo deste suplemento, ao mesmo tempo que promove um aumento do chamado “bom colesterol” (HDL).

Vale a pena salientar que, para a prática moderada de desporto, bastará a ingestão diária de até 1,4 gramas desta proteína por dia, sendo que se desaconselha o consumo de doses superiores, exceto em casos nos quais a atividade realizada é, já, de alta competição.

3. Os riscos associados

Por norma, os riscos associados ao consumo de whey protein no desporto prendem-se com o seu consumo excessivo e, quando tal acontece, os efeitos podem ser sentidos de diversas formas, podendo manifestar-se sob a forma de acne ou de problemas renais.

O uso indevido ou excessivo deste suplemento pode, pois, ser responsável pela sobrecarga de órgãos tão vitais como o fígado, os rins e o coração.

O consumo excessivo de whey protein no desporto pode também ser responsável pela redução da massa óssea, uma vez que o cálcio armazenado no corpo começa a dirigir-se ao sangue para equilibrar o seu PH.

Além disto, este suplemento não pode ser tomado por pessoas com intolerância à lactose nem por diabéticos, sendo que, para os primeiros, a versão hidrolisada continua (em doses regradas) a ser uma opção viável.

Tendo em consideração os riscos associados ao consumo deste suplemento, os especialistas costumam aconselhar que, em vez deste, os “atletas do quotidiano” optem por uma alimentação saudável e equilibrada, rica em proteínas.

Segundo estes, os resultados obtidos serão idênticos e haverá menos riscos para a saúde.

Se, em todo o caso, quiser integrar este suplemento na sua rotina, será importante falar com um especialista de saúde sobre as doses recomendadas.

Toma ou alguma vez tomou um suplemento proteico? Já experimentou a whey protein? Como foi a sua experiência pessoal? Não deixe de partilhar mais com o 1001 Dietas.

Algumas fontes: rbpfex  estudogeral  veja.abril  g1.globo  globoesporte  treinomestre

Clique em uma estrela para avaliar.

0 / 5. Contador de votos: 0

Escrito por Equipa 1001 dietas

Uma dica sobre dietas por dia, não sabe o bem que lhe fazia!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Como funciona a dieta atkins

Como funciona a dieta atkins, tem riscos para a saúde?

BCAA no desporto

BCAA no desporto, benefícios e riscos deste suplemento