O que é a zeaxantina

O que é a Ornitina

A ornitina faz parte da composição de vários suplementos alimentares, especialmente para desportivas. Já conhece este aminoácido? Conheça-o com o 1001 Dietas

1. Para que serve a ornitina? 

A ornitina é um aminoácido presente em vários suplementos e que serve finalidades diversas. Além de melhorar a resistência e eficácia dos treinos, este aminoácido é utilizado na resolução de problemas hepáticos, da hiperamoniemia e na regeneração das células do fígado. 

Esta ajuda ainda na mobilização das gorduras presentes no organismo e promove a melhoria do sistema imunitário. 

2. Como funciona a ornitina? 

Os atletas que utilizam suplementos com este aminoácido terão um melhor desempenho físico nos seus treinos, uma vez que, no organismo, a ornitina funciona mediante o estímulo da hipófise – uma glândula responsável pela libertação das hormonas do crescimento. 

3. Benefícios da ornitina para a saúde 

A ornitina tem diversos benefícios para a saúde. Entre as vantagens do seu consumo, destacamos as seguintes: 

– Promove a redução da concentração de amónia na corrente sanguínea; 
– Melhora o desempenho físico dos atletas; 
– Melhora a resistência durante treinos intensos e prolongados; 
– Previne a encefalopatia hepática; 
– Previne a hiperamoniemia; 
– Ajuda na redução do cansaço e da fadiga; 
– Promove o ganho de massa magra; 
– Ajuda na melhoria de traumas e queimaduras; 
– Atua contra as infeções; 
– Ajuda a prevenir o cancro; 
– Poderá ajudar a prevenir distúrbios relacionados com a ansiedade. 

4. Efeitos da falta de ornitina no organismo

A falta de ornitina no organismo humano pode provocar alguns problemas incluindo: 

– Intolerância à glicose; 
– Problemas na metabolização de lípidos; 
– Problemas hepáticos; 
– Comprometimento na produção da insulina; 
– Envelhecimento precoce. 

5. Dose diária recomendada de ornitina

As dosagens recomendadas de ornitina dependem de fatores diversos, incluindo o peso, a idade e o quadro clínico de quem vai tomar este aminoácido. 

Para a criação de massa magra, no entanto, é usualmente recomendada uma toma entre 500 mg e 2 g. 

Esta toma é muitas vezes feita a par com a arginina ou a carnitina. 

Pessoas com problemas de esquizofrenia, que estejam a ser tratadas para a hipertensão ou que sofram de disfunção eréctil não devem tomar ornitina. 

6. Sobredosagem da ornitina e seus efeitos no organismo

Quando tomada de forma excessiva, a ornitina pode causar problemas no organismo, entre os quais se destacam: 

– Insónias; 
– Problemas estomacais; 
– Inquietação; 
– Irritações cutâneas; 
– Cólicas e diarreia. 

7. Fontes naturais de ornitina

Além dos seus suplementos – disponíveis em comprimido, pó, preparados e cápsulas – a ornitina pode ser encontrada em fontes naturais. As principais fontes naturais de ornitina são fundamentalmente os de origem animal, podendo encontrar este aminoácido na carne, nos ovos, no leite e nos seus derivados. 

Saiba também mais sobre a rutina.

7

Sem Comentários

Escreva um comentário