O que é a zeaxantina

O que é o DHA

O que é o DHA

O DHA é um dos ácidos gordos ómega 3. Está familiarizado com a sua ação no nosso organismo? Venha saber qual é com o 1001 Dietas.

1. Para que serve o DHA?

O DHA, também conhecido como ácido docosa-hexaenoico pertence ao grupo do ómega 3, sendo um ácido gordo de cadeia longa.

Estando presente em todas as células do nosso corpo, este ácido gordo serve para o funcionamento e preservação da estrutura visual, cerebral e cutânea.

Este representa cerca de 25% do total de gordura no nosso organismo e quase a totalidade de ácidos gordos ómega 3 a nível cerebral.

2. Como funciona o DHA?

Este ácido gordo insaturado funciona de formas distintas no nosso corpo. Este promove a fluidez das membranas e permite a simplificação da comunicação de sinais nervosos elétricos a nível cerebral.

Além disso, o DHA tem ainda uma ação anti-inflamatória no organismo e ajuda reduzir os índices de triglicéridos na corrente sanguínea.

3. Benefícios do DHA para a saúde

O DHA tem vários benefícios para a saúde humana. No nosso organismo, este tem um efeito benéfico na medida em que:

– Promove a saúde cerebral;
– Melhora a memória e os processos de gestão emocional;
– Previne doenças degenerativas;
– Melhora a saúde cardiovascular;
– Protege a visão;
– Reduz os índices de triglicéridos e de colesterol;
– Reduz a pressão arterial.

4. Efeitos da falta de DHA no organismo

O DHA, como os restantes ácidos gordos ómega 3, são fundamentais para o funcionamento do organismo, sendo perigoso que exista uma carência dos mesmos. Doenças inflamatórios, problemas cardíacos e vasculares podem resultar da falta deste ácido no organismo.

5. Dose diária recomendada de DHA

Não existe uma dosagem certa de DHA recomendada, na medida em que as necessidades são particulares e individuais, exigindo a consulta médica. Quando este é ingerido por via de suplementação, no entanto, recomenda-se que não se ultrapassem as 2 gramas deste composto, não havendo evidência de que dosagens superiores tragam qualquer benefício.

6. Sobredosagem do DHA e seus efeitos no organismo

O risco de excesso de DHA, tal como dos restantes ácidos gordos ómega 3 passa pelo aumento da fluidez sanguínea e consequente risco de hemorragia.

7. Fontes naturais de DHA

O DHA pode ser encontrado e consumido através de alimentos muito comuns do nosso quotidiano. Assim, para o consumir, devemos procurar:

– Mariscos;
– Peixes gordos (salmão, atum, sardinha);
– Óleo de peixe;
– Legumes (couve, espinafres);
– Sementes (linhaça, abóbora);
– Algas.

Conheça também o EPA e a sua importância no organismo.

4

No Responses

Write a response