evitar a retenção de líquidos

7 dicas para evitar a retenção de líquidos

Evitar a retenção de líquidos é o objetivo de muitas pessoas que, diariamente, convivem com este problema e sofrem com o consequente inchaço que provoca. Desconfortável e muito comum, a retenção de líquidos pode ser prevenida mediante a aplicação de algumas regras simples, relacionadas com a nossa alimentação e o exercício físico. Quer saber como evitar a retenção de líquidos? Descubra com as dicas do 1001 Dietas.

A retenção de líquidos – também conhecida como retenção hídrica – é uma situação recorrente ao longo da vida das pessoas e que gera situações de desconforto a várias pessoas.

Esta situação acontece no sistema circulatório ou nos tecidos orgânicos e decorre da acumulação excessiva de água no espaço que permeia as células do nosso corpo.

Esta retenção pode provocar o inchaço de determinadas regiões do corpo. Usualmente, os membros inferiores são os maiores afetados por este problema mas os seus efeitos poderão sentir-se também nas roupas ou mesmo no peso efetivo de uma pessoa.

Além disso, a retenção de líquidos pode ainda ser o sintoma de problemas de saúde mais severos, incluindo problemas cardíacos e renais.

Em algumas fases, como a gestação, a retenção de líquidos torna-se ainda mais comum, sendo comum que apareçam sintomas como pernas inchadas ou pés inchados na gravidez. Além disso, no quotidiano, algumas pessoas questionam, ainda, se estão efetivamente gordas ou se estarão apenas inchadas devido à acumulação hídrica.

Todas estas questões são válidas e decorrem do mesmo: a temida retenção de líquidos. Esta situação pode ter causas diversas, incluindo uma má alimentação, o excesso de sódio no organismo ou mesmo eventuais alterações de foro hormonal.

Saber como evitar a retenção de líquidos torna-se, por isso, muito pertinente e é por esta razão que nos dirigimos a esta questão e levamos até si 7 dicas fundamentais para evitar a retenção de líquidos.

1. Evitar a retenção de líquidos: Evite o consumo de hidratos de carbono

Os hidratos de carbono constituem o vasto e amado leque de comidas de conforto, estando presentes nos bolos, no pão, nas massas e, em geral, nos açúcares e na farinha branca. Por esta razão, todos somos culpados de, por vezes, exagerar um pouco no seu consumo.

Além de serem nocivos para o organismo quando ingeridos em demasia e de provocarem, nestas quantidades, o aumento de peso, os hidratos de carbono são responsáveis pelo aumento dos índices de açúcar na corrente sanguínea, o que promove uma maior absorção de sódio e, consequentemente, a retenção de líquidos.

Minorar o consumo de hidratos de carbono é fundamental para evitar a retenção de líquidos.

2. Tome dente-de-leão

O potencial do dente-de-leão é imenso, embora várias pessoas não estejam, ainda, familiarizadas com as propriedades desta planta. Poderá consumir esta planta através da sua infusão, aproveitando a sua ação antioxidante, anti-inflamatória e diurética.

O consumo deste chá ajudará a evitar a retenção de líquidos e promoverá, também, a perda de peso.

3. Descubra o potencial dos alimentos com magnésio

A integração de alimentos como as frutas, os vegetais ou os grãos integrais é fundamental para evitar a retenção de líquidos.

Muito ricos em magnésio, estes alimentos irão contribuir para melhorar as reações enzimáticas e, desta forma, promoverão a melhoria da retenção de líquidos e a saúde global do seu organismo.

4. Evitar a retenção de líquidos: Reduza o consumo de produtos salgados

O sódio é, como já referimos, um dos grandes responsáveis pela retenção de líquidos e, por esta razão, minorar o consumo de sal é um dos passos mais importantes para evitar a retenção de líquidos.

Cozinhar com menos sal e evitar o consumo de alimentos processados e salgados pode ajudar, por isso, a reduzir os inchaços decorrentes da retenção hídrica.

5. Mantenha-se ativo

Pode parecer a dica de sempre (e é) mas trata-se de um aspeto fundamental para garantir a retenção de líquidos: não deixe de praticar exercício físico!

Uma rotina ativa, onde se integre a prática de exercício irá ajudar a melhorar o desempenho corporal, melhorará o funcionamento do sistema digestivo e impulsionará uma melhor circulação do sangue.

Ao melhorar o funcionamento global do organismo, o exercício ajudará também a evitar a retenção de líquidos e os decorrentes inchaços.

6. Adicione ao menu alimentos ricos em potássio

Tomate, banana e abacate são algumas sugestões alimentares que podemos deixar a quem quer evitar a retenção de líquidos. Porquê? É muito simples! Tratam-se de alimentos ricos em potássio.

O potássio é um mineral fundamental para a saúde do organismo, que evita a retenção de líquidos através da melhoria do funcionamento renal e da redução dos índices de sódio no organismo.

7. Evitar a retenção de líquidos: Beba água com limão

Por fim, um excelente hábito para desintoxicar o corpo e evitar a retenção de líquidos é a introdução quotidiana do hábito de beber água com limão. Mas tenha atenção: água com limão não é limonada!

Esprema um limão para dentro de água morna e beba a mistura assim mesmo, sem a adoçar. Esta bebida irá ajudar na eliminação dos líquidos retidos e agirá, também, como um poderoso agente antioxidante e desintoxicante, melhorando, em geral, a sua saúde.

Já sabia estas formas de evitar a retenção de líquidos? Costuma aplicar alguma delas? Conte aos restantes leitores do 1001 Dietas quais as diferenças que sentiu ao seguir estas dicas.

Algumas fontes: hellomagazine khaleejtimes go-fit vidaativa mariefranceasia

4

Sem Comentários

Escreva um comentário