Atividades para pessoas com incapacidade física

7 Atividades para pessoas com incapacidade física

As pessoas com incapacidade física nem sempre sabem quais são as melhores opções desportivas para se manterem ativas. Ainda assim, a integração em várias atividades pode ser incrivelmente benéfica. Venha conhecer com o 1001 Dietas, 7 atividades para pessoas com incapacidade física e os seus benefícios.

Na era do fitness, todos tomamos como garantida a prática dos mais diversos tipos de modalidade.

Quando damos por nós, spinning, treinos funcionais, treinos calisténicos ou de crossfit parecem atividades completamente comuns e que podem ajudar-nos a lutar pelo corpo ideal.

Ainda assim, infelizmente, estas atividades não são passíveis de serem adaptadas a todas as pessoas, o que deixa um grupo minoritário – as pessoas com incapacidade física – a questionar quais são as suas opções efetivas caso desejem manter-se ativas e em movimento.

Hoje, lançámos o olhar sobre as atividades para pessoas com incapacidade física, procurando as modalidades que se adaptam (ou podem ser adaptadas) a pessoas com problemas de incapacidade motora, mental ou visual.

A pensar nelas, criámos uma pequena lista com as 7 atividades para pessoas com incapacidade física, que têm vindo a provar-se válidas para melhorar o corpo e o bem-estar de pessoas portadoras de deficiência.

Se deseja conhecer as 7 atividades de que falamos, não deixe de ler o resto do artigo.

1. Atividades para pessoas com incapacidade física: Yoga

O yoga é uma excelente atividade para todas as pessoas e é, também, uma das que melhor se adequa a quem sofre de algum tipo de incapacidade física.

Com movimentos adaptados, este tipo de exercício pode promover uma melhor consciência do corpo, estimulando o foco, a força e a flexibilidade; ao mesmo tempo que promove uma melhor capacidade pulmonar e a redução da tensão e da ansiedade.

2. Desporto de equipa

As principais modalidades desportivas – como o futebol, o basquete ou o rugby podem ser adaptados a pessoas com incapacidade motora.

Além de promoverem melhorias físicas visíveis e de melhorarem a sensação de bem-estar dos praticantes, estas atividades primam ainda pela sua componente social e de interação, que permite novas experiências e garante benefícios físicos e emocionais.

3. Natação

É uma das modalidades mais completas do mundo e não exclui as pessoas com incapacidade física, podendo adaptar-se a estas e às suas necessidades particulares.

Pessoas com mobilidade reduzida, paraplégicos e até pessoas com paralisia cerebral ou deficiência visual têm encontrado na natação uma forma de se manterem ativas.

Entre os benefícios da atividade encontra-se a promoção da consciência corporal e da criatividade, a redução do peso corporal, a socialização, a melhoria da coordenação motora e da circulação e ainda a redução das dores musculares.

4. Atividades para pessoas com incapacidade física: Artes marciais

Inclusivas e pautadas por filosofias universais, as artes marciais podem ser – e frequentemente são – adaptadas a pessoas com incapacidade física e mental.

Modalidades como o karaté, o Judo, o Jiu-Jitsu ou o Judo apresentam-se como práticas que permitem aos seus praticantes a aprendizagem do corpo e do equilíbrio, ao mesmo tempo que ajudam a fortalecer os músculos e a criar uma sensação de bem-estar.

Este tipo de atividade ajudará a aprender técnicas de defesa e também formas de melhorar a confiança dos praticantes.

5. Dança

As pessoas com deficiência encontrarão uma possibilidade para se manterem ativas com a dança.

Tratando-se, simultaneamente, de um desporto e de uma arte, esta atividade permite que se faça exercício aeróbio ao som de música e com a realização de movimentos que estimulam, não só o corpo, mas também o lado criativo da mente.

A componente social e emotiva desta atividade pode, também, ser bastante benéfica para os seus praticantes e pode adaptar-se a pessoas com incapacidade motora e auditiva.

6. Ginástica rítmica

Poucas vezes considerada, quando se fala de atividades físicas para pessoas com deficiência, está a incapacidade visual. Ainda assim, as pessoas com este tipo de problemática terão, também, inúmeros benefícios na prática de atividade física.

Para estas, a ginástica rítmica é uma opção viável, embora a adaptação aconteça de forma lenta e gradual. Sem a componente visual, este tipo de ginástica é feito com a consciência do corpo e a aprendizagem relativa ao tempo e ao espaço, com base em técnicas táteis e auditivas.

7. Atividades para pessoas com incapacidade física: Geocaching

É verdade que não são todos os trilhos que se adequam a pessoas com mobilidade reduzida.

Ainda assim, no Geocaching – um jogo que promove a atividade física, a par com a resolução de enigmas e que adapta o conceito da “caça ao tesouro” – preocupou-se com a colocação de caches de vários índices de dificuldade acessíveis a quem sofre de problemas motores.

Uma pessoa com incapacidade física terá a oportunidade de fazer todas as caches de terreno 1 que se encontram espalhadas internacionalmente em pontos de interesse turístico e natural.

Conhece alguém com incapacidade física que pratique estas atividades? Qual delas acha mais adequada para pessoas com este tipo de dificuldade. Conte a sua opinião aos restantes leitores do 1001 Dietas.

Algumas fontes: outdoor-sport-leisure blog.freedom.ind maisequilibrio recreationtherapy
scope cidadedoscuidados efdeportes motricidade

Sem Comentários

Escreva um comentário