Dieta do ovo

Dieta do ovo, como perder peso com este regime?

A dieta do ovo é um dos regimes que tem vindo a ganhar expressão na geração fit. Com a promessa de ajudar a perder peso com rapidez, esta dieta tem ganho adeptos um pouco por todo o mundo. Sabe o que é a dieta do ovo?

Então, está na hora de vir com o 1001 Dietas descobrir como pode perder peso com este regime.

A reputação dos ovos nem sempre foi a melhor e as questões em torno do seu consumo estão longe de gerar um consenso.

Desde pequenos, ouvimos os nossos pais gerir a alimentação com frases como “já comeste ovos demais esta semana” e, suportando esta ideia, crescemos a ouvir falar do impacto negativo que o consumo excessivo de ovos pode ter para a saúde e das doenças que podem advir de eventuais bactérias que estes contenham (como, por exemplo, a Salmonela).

Gerando perguntas como se o consumo de ovos pode ser feito por diabéticos ou qual a quantidade de ovos que pode ser ingerido semanalmente; os ovos têm feito parte do questionamento nutricional humano.

Ainda assim, recentemente, os ovos regressaram ao centro das atenções com a promessa de poderem constituir verdadeiros aliados de quem pretende perder peso.

A dieta do ovo tem vindo a ganhar adeptos entre os que procuram as principais dietas da moda para obter a silhueta perfeita.

Sabe em que consiste a dieta do ovo? E sabe como perder peso com este regime? Se deseja saber mais sobre esta temática, este é o artigo certo para si.

1. O que é a dieta do ovo?

A dieta do ovo é uma dieta hiperproteica e hipocalórica, na qual se visa um baixo consumo de hidratos de carbono.

Tal como o seu nome indica, esta dieta tem o ovo como ingrediente base, sendo este integrado na dieta de diversas formas, consoante o tipo de dieta do ovo escolhido.

Esta dieta é geralmente feita em pequenos períodos de tempo (entre uma semana a 15 dias) e promete uma perda de peso significativa durante o seu tempo de execução.

2. Que tipos de dieta do ovo existem?

Existem diversas variações da dieta do ovo, dependendo dos objetivos de cada um. Em comum, todas estas dietas do ovo contam com este ingrediente como base da refeição. Os tipos mais utilizados de dieta do ovo são:

Dieta do ovo cozido

Esta dieta conta com três refeições diárias, sem lanches intermédios e onde a única bebida permitida é água.

Entre estas três refeições, uma delas terá o ovo cozido como base, devendo as outras integrar alimentos com proteínas magras (como frango ou peixe) e vegetais (como brócolos ou espinafres).

Dieta exclusiva do ovo

Esta é uma dieta extrema, que se enquadra no leque das mono dietas (dietas nas quais se consome apenas um alimento durante longos períodos de tempo).

Neste caso, a pessoa que faz a dieta irá comer apenas ovo cozido (bem cozinhado e duro) durante duas semanas. Esta dieta não deve ser feita a par com exercício uma vez que cria uma sensação profunda de fadiga.

Dieta “medicinal” do ovo”

Esta dieta permite a quem a faz comer um ovo e um pedaço de pão, três vezes por dia. Além disto, poderá ainda comer frutas e vegetais e beber água e café.

Nesta dieta os ovos podem ser preparados de qualquer forma que a pessoa prefira, desde que não seja utilizado óleo nem manteiga na confecção.

O nome desta dieta prende-se com o rumor de que esta dieta seja usada por pacientes pré-cirurgicos. Ainda assim, não existe nenhuma evidência prática de que tal prática se faça nos nossos dias.

Dieta cetogénica do ovo

Levando o corpo a um estado de cetose, esta dieta do ovo implica um consumo elevado de proteínas, sendo que, quem a faz, deve comer apenas ovos, que poderão ser preparados com uma colher de sopa de queijo ou manteiga.

3. Como perder peso com este regime?

O ovo é uma excelente forma de proteínas. Este integra os aminoácidos essenciais e promove uma digestão mais lenta. Assim, trata-se de um alimento saciante.

Embora a clara seja a parte do ovo mais magra rica em proteínas, nesta dieta ambas as partes do ovo (clara e gema) devem ser ingeridas.

A gema é, pois, uma fonte de ómega-3 e de gorduras monoinsaturadas, que ajudam a manter os índices glicémicos mais equilibrados e evita que a pessoa sinta fome.

A clara, por outro lado, por ter um aminoácido essencial – a leucina – evita que exista a perda de massa magra. Por esta razão, a clara do ovo é um dos principais ingredientes do suplemento BCAA.

Desta forma, seguindo a dieta do ovo, é possível perder peso e evitar, em simultâneo, a flacidez.

4. Existem riscos na dieta do ovo?

Como em todas as dietas, o equilíbrio é fundamental e a dieta do ovo é, como pudemos constatar, uma dieta onde o desequilíbrio nutricional existe, havendo diversos nutrientes que não integram o menu.

Altamente restritiva e muitas vezes pouco saciante, esta dieta irá fazer com que os seus adeptos percam peso com rapidez. Ainda assim, a sua manutenção por longos períodos de tempo deve ser evitada, sob o risco de causar problemas de saúde.

Antes de iniciar esta dieta – ou qualquer outra – o mais indicado será consultar o seu médico ou nutricionista, para saber se esta se adequa aos seus objetivos e ao seu histórico clínico.

Algumas fontes: medicalnewstoday verywellfit areademulher.r7 boaforma.abril healthline

9

No Responses

Write a response