Deficiências nutricionais do idoso: os nutrientes essenciais na terceira idade

Deficiências nutricionais do idoso: os nutrientes essenciais na terceira idade

 A nutrição é sempre importante para a saúde. No entanto, a normal debilidade causada pelo avanço dos anos, torna uma alimentação saudável ainda mais importante para evitar deficiências nutricionais no idoso.

Venha saber quais os nutrientes essenciais na terceira idade com o 1001 Dietas.

O envelhecimento faz parte da vida e evitá-lo é totalmente impossível, embora existam formas de manter um espírito mais jovial ou de combater os radicais livres responsáveis pelos sinais de envelhecimento precoce, como as rugas.

Muitas pessoas, à medida que envelhecem, começam a colocar novas questões. Saber como fazer exercício físico depois dos 50 anos ou as melhores estratégias para emagrecer depois da menopausa é bastante comum.

Ainda assim, quem lida regularmente com idosos sabe que, a partir de dada altura, é muito comum que estes comecem a desconectar-se dos prazeres gustativos devido à redução do seu sentido de gosto, o que corresponde, frequentemente, a que comam menos e de forma pouco saudável.

A deficiência nutricional no idoso pode comprometer o seu bem-estar e a sua saúde ou mesmo colocar em risco a sua vida.

Por esta razão é muito importante conhecer as vitaminas e minerais que deverão ser incluídas na rotina alimentar do idoso para evitar a sua deficiência nutricional

Enfermeira a dar suplemento nutricional

1. Nutrientes essenciais para o idoso: vitaminas A, C, e E

As vitaminas são muito importantes para a nossa saúde e, no caso dos idosos, podem ser elementos fundamentais para garantir o seu bem-estar, o retardar de doenças degenerativas e a prevenção de problemas comuns na terceira idade. A vitamina A ajudará a proteger, por exemplo, a saúde neurológica do idoso e a sua memória. A vitamina E contribuirá para evitar situações como o AVC, evitando o colesterol LDL e o bloqueio das artérias. (1)

Além destes, a vitamina C ajudará também a melhorar o sistema imunitário e agirá como antioxidante, evitando doenças degenerativas.

2. Vitaminas do complexo B

ácido fólico na gravidez é mais falado mas este nutriente também é importante na terceira idade. A par com a vitamina B12 e a vitamina B6, que podem ser encontradas nas carnes e nos cereais, o ácido fólico ajudará a manter o coração saudável e a prevenir as doenças cancerígenas.

3. Nutrientes essenciais para o idoso: Cálcio

Principalmente nas mulheres, a idade pode trazer severos problemas ósseos ou mesmo a osteoporose. O consumo de cálcio é muito importante para evitar este tipo de problema.

Recomenda-se que se procure também a ingestão de vitamina D pelo contacto com o sol e pela alimentação, uma vez que esta vitamina é essencial para a fixação do cálcio. (2)

4. Ferro

Com o avanço da idade, aumenta a propensão para problemas anémicos no idoso.

O consumo de alimentos ricos em ferro, como carne vermelha, beterraba ou espinafres pode ajudar a evitar estes problemas.

5. Nutrientes essenciais para o idoso: Zinco

Com a idade, a cicatrização de feridas pode tornar-se mais lenta e existe um decréscimo no funcionamento do sistema imunitário. 

O zinco pode ajudar no reforço imunitário e contribui para que as recuperações do idoso sejam mais céleres.(3)

Já conhecia os nutrientes essenciais na terceira idade? Partilhe com os restantes leitores do 1001 Dietas as suas opiniões e comentários.

Sem Comentários

Escreva um comentário