Problemas de tiróide e excesso de peso

Problemas de tiróide e excesso de peso: qual a relação?

Os problemas de tiróide e o excesso de peso podem estar profundamente relacionados. Já conhece a relação efetiva entre problemas de tiróide e excesso de peso? Então, está na hora de saber mais sobre esta temática com o 1001 Dietas

Hoje em dia, a preocupação com o corpo ultrapassa as questões da aparência e liga-se fortemente aos aspetos relacionados com a saúde. 

A procura pelos alimentos que aceleram o metabolismo e o estabelecimento de rotinas de exercício fazem, hoje, parte da rotina de muitas pessoas que sabem qual o papel da nutrição e do desporto para garantir uma vida salutar. 

Ainda assim, um olhar sobre esta questão, diz-nos que, mesmo evitando os alimentos que fazem engordar e fazendo um plano nutricional equilibrado, ganhar peso a fazer dieta acontece

A relação entre a saúde e o aspeto físico poderá, neste caso, estar a estreitar-se, levando à questão: será que existe algum problema de saúde que me impeça de emagrecer? 

As respostas são diversas e recaem sobre vários aspetos da saúde do organismo. Entre eles, não podemos deixar de ressaltar o papel da tiróide e a forma como os problemas de tiróide e o excesso de peso se relacionam. 

Se quer conhecer a relação entre problemas de tiróide e excesso de peso, este é o artigo ideal para si. 

Problemas de tiróide e excesso de peso

1. O que é a tiróide?

A tiróide trata-se de uma glândula localizada na região anterior do pescoço. Esta tem uma ação fundamental para o funcionamento orgânico, contribuindo para a regulação de órgãos tão importantes como o fígado, o coração, o cérebro e os rins. 

Responsável pela produção de hormonas, este órgão contribui para o desenvolvimento das crianças e o seu crescimento; para regular os ciclos menstruais, para promover a fertilidade; para controlar o peso; e ainda para questões relacionadas com o humor, a memória e a capacidade de concentração. 

Quando os níveis hormonais produzidos por esta glândula são superiores ou inferiores aos necessários para o funcionamento do organismo, ocorrem problemas de tiróide. Neste caso, respetivamente, o hipertiroidismo e o hipotiroidismo. 

Estima-se que os problemas de tiróide afetem 10% da população portuguesa e mais de 300 milhões de pessoas a nível internacional. (1

Quais os sintomas de hipertiroidismo?

O hipertiroidismo trata-se de um problema no qual a glândula da tiróide produz hormonas em excesso. Esta é particularmente comum no sexo feminino e apresenta sintomas como: (2

– Perda de peso mesmo sem intenção ou alteração à dieta; 
– Taquicardia e batimento cardíaco irregular; 
– Aumento do apetite; 
– Ansiedade e irritabilidade; 
– Alterações no ciclo menstrual; 
– Inchaço na região do pescoço; 
– Dificuldade em dormir; 
– Aumento da sensibilidade ao calor; 
– Tremores; 
– Sensação de fadiga e cansaço; 
– Alterações no trânsito intestinal, incluindo flatulência e diarreia

Quais os sintomas de hipotiroidismo?

O hipotiroidismo é, também, mais comum entre as mulheres e refere-se a uma produção insuficiente das hormonas necessárias para o normal funcionamento do organismo. (3

Os seus sintomas são: 

– Aumento de peso, mesmo sem alterações à dieta; 
– Fadiga e cansaço; 
– Obstipação
– Alterações cutâneas e no cabelo; 
– Dores musculares e fraqueza muscular; 
– Dores nas articulações; 
– Maior sensibilidade ao frio; 
– Inchaço na região do pescoço; 
– Níveis elevados de colesterol
– Depressão
– Alterações no batimento cardíaco. 

2. Qual a relação entre os problemas de tiróide e o excesso de peso?

Os problemas de tiróide e o excesso de peso podem ter uma relação, embora, em alguns casos, se manifeste também uma perda de peso. 

Fundamentalmente, um emagrecimento ou um aumento de peso repentinos, sem que exista uma alteração na rotina alimentar ou na prática física, pode indicar que a glândula responsável pelo metabolismo – a tiróide – não está a funcionar como deveria. 

O aumento de peso que a maioria das pessoas associa aos problemas de tiróide depende grandemente do problema em questão. 

Pessoas com hipertiroidismo poderão aumentar alguns quilos, embora usualmente não ultrapasse os 3 quilos, devido à retenção de líquidos no organismo. 

Já as pessoas com hipotiroidismo tenderão a engordar uma vez que o metabolismo fica consideravelmente mais lento, o que torna maior a probabilidade de aumentar o peso e dificulta o processo de emagrecimento. 

Muitos estudos têm associado o hipotiroidismo e a obesidade, nomeadamente através da comparação, em amostras específicas, dos índices de massa corporal com o TSH (uma hormona que está mais alta nos casos de hipotiroidismo). Estes estudos confirmam a relação entre o aumento de peso e este problema de tiróide, que se relaciona com um metabolismo menos célere. (4

3. Dicas para controlar o peso perante problemas de tiróide

Problemas de tiróide e excesso de peso têm, por isso, uma relação. Tal não significa, no entanto, que não possa adequar a sua rotina de forma a controlar o peso perante este tipo de problema. (5
Deixamos algumas dicas para que o possa fazer: 

– Procure um diagnóstico ao primeiro sinal de problemas de tiróide; 
– Escolha um tratamento adequado junto de especialistas qualificados; 
– Teste frequentemente os seus níveis hormonais; 
– Adeque a sua dieta ao seu problema de tiróide; 
– Reduza o número de calorias consumidas; 
– Aposte numa dieta rica em fibras; 
– Evite alimentos que reduzam a produção hormonal da tiróide (como vegetais crus); 
-Experimente a dieta paleo, para aproveitar a sua ação anti-inflamatória; 
– Altere a rotina alimentar (nomeadamente experimentando alternativas como o jejum intermitente); 
– Beba muita água; 
– Pratique exercício físico que estimule o seu metabolismo. 

Tem ou já teve problemas de tiróide? Como se manifestaram no seu peso? Conte a sua experiência pessoal aos restantes seguidores do 1001 Dietas. 

Poderá ter interesse também em:

Benefícios da pêra rocha que a tornam aliada do organismo

24

No Responses

Write a response