Sementes de chia emagrecem

Sementes de chia emagrecem? Benefícios e como usar

Sementes de chia emagrecem? Benefícios e como usar.

A alimentação saudável é uma das preocupações contemporâneas e, com a preocupação crescente sobre esta temática, novos alimentos têm surgido no panorama culinário. As sementes ganharam a sua fama como aliadas do emagrecimento e da rotina salutar. Mas, sabe se as sementes de chia fazem emagrecer?

Conhece os seus benefícios e formas de uso?

Venha saber mais com o 1001 Dietas.

Ao longo do tempo, a tendência crescente tem sido para que as pessoas procurem estilos de vida mais saudáveis e hábitos alimentares mais saudáveis, no sentido de cumprir o objetivo de um corpo mais bonito mas também menos doente, menos cansado e mais ativo.

Parte deste processo tem passado pelas corridas para o ginásio, pela procura de personal trainers e pela toma de suplementos.

Outra, tem sido feita através das mais diversas dietas, como a dieta paleo ou a dieta alcalina.

O papel destas dietas no quotidiano é imenso e a escolha dos alimentos parece uma parte fulcral na vida de quem tenta orientar as suas ações para os objetivos.

E é na escolha alimentar que surge um grupo importantíssimo de ingredientes: as sementes. Entre estas, a pequena semente de chia parece gerar muitas questões.

Subitamente, as pessoas querem saber se a chia emagrece, quais as melhores formas de a consumir e também quais os benefícios a esperar de um ingrediente tão pequeno e de sabor tão intenso e peculiar.

Foi sobre esta questão que hoje nos debruçámos, para descobrirmos todos os benefícios da chia, se esta contribui para o emagrecimento e como usar sementes de chia numa alimentação quotidiana.

Se também quer saber, este artigo foi feito a pensar em si.

1. As sementes de chia emagrecem? chia e emagrecimento

Para começar, é necessário perceber o que são as sementes de chia.

Esta semente provém de uma planta mexicana conhecida como Salvia hispanica L, cuja flor reserva, no seu âmago, a resplandecente semente à qual chamamos “chia”.

Embora a variedade mais comum seja a chia castanha, esta pode também tomar uma tonalidade branca.

Ao longo do tempo, o uso culinário da chia tem sido cada vez maior, o que resulta, por um lado, de um maior conhecimento sobre os benefícios da chia e, por outro, do sabor apaladado que esta acrescenta ao mundo da gastronomia.

Sendo uma semente com um grande valor nutritivo, esta é composta por diversas vitaminas e minerais, contendo ainda ácidos essenciais e até proteínas.

Por ser um alimento de tal forma completo, muitas pessoas consideraram que esta era um verdadeiro super alimento.

Cada porção de 25 gramas desta semente (que é a dose diária recomendada pelos especialistas) contém bastantes calorias.

As cerca de 164 calorias de cada uma destas porções, no entanto, não significa que a chia engorde.

Pelo contrário! Devido às suas propriedades, esta semente age como um saciante natural e pode mesmo ajudar na perda de peso.

O emagrecimento, no entanto, é apenas um dos muitos benefícios do consumo desta semente.

2. Quais os benefícios da chia?

As sementes de chia são altamente benéficas para o organismo humano, sendo o seu consumo recomendado por inúmeras razões.

Para começar, a quantidade de proteínas presentes nas sementes de chia merece destaque já que, como sabemos, estas são fundamentais para quem mantém uma rotina de exercício físico.

Além das proteínas, no entanto, estas pequenas sementes englobam também vários aminoácidos essenciais, sendo ainda fonte de cálcio, ferro, fósforo, potássio, magnésio, zinco, vitamina A e ómega-3.

Este alimento é ainda isento de glúten, pelo que pode ser ingerido por celíacos.

Entre os seus benefícios, resultantes da composição referida, encontra-se o efeito saciante e a forma como ajuda na regulação do trânsito intestinal (duas ações promotoras do emagrecimento); o facto de ser um anti-oxidante natural, que elimina as toxinas do organismo; a promoção da regulação da glicose na corrente sanguínea, evitando o aparecimento diabetes e os seus efeitos preventivos de problemas do foro cardiovascular.

3. Como usar as sementes de chia?

Muitas pessoas optam por acrescentar a chia na sua alimentação, colocando-a, seca, nos seus iogurtes ou cereais.

Embora esta alternativa não seja totalmente impossível, existem estudos que relacionam o consumo de chia seca com eventuais problemas de saúde pelo que, para que se goze em pleno dos benefícios desta semente, ela deve ser preparada.

A chia é um alimento hidrófilo, o que significa que irá absorver até 27 vezes o seu peso em água.

Quando ingerida seca, a chia pode promover a desidratação do corpo ou inchar o sistema digestivo, sendo esta uma situação que muitos especialistas consideram insegura.

Assim, a melhor forma de consumir sementes de chia, garantindo que aproveita os seus benefícios sem correr qualquer risco, será imergir as mesmas em água, deixando que, durante algumas horas, elas expandam dentro do mesmo.

Saberá que a chia está pronta a consumir quando nota que se forma, ao redor da semente, uma substância gelatinosa.

Depois de devidamente demolhadas, estas sementes podem ser acrescentadas no seu snack favorito ou integrar os seus pratos favoritos.

Sabia o papel da chia no emagrecimento? Já tinha ouvido falar nos benefícios e formas de consumo desta semente? Conte-nos a sua opinião sobre este alimento.

Algumas fontes: healthline  bbcgoodfood  vidaativa depilconcept minhavida lifestyle.sapo  draxe

6

Sem Comentários

Escreva um comentário