comer aquela queijada

Trair a dieta em viagem: fiz mal em comer aquela queijada?

Sabe aquele ímpeto para trair a dieta em viagem? Nós também o conhecemos! A pergunta do dia, para nós, foi: será que fiz mal em comer aquela queijada? Quisemos saber a resposta e partilhá-la consigo.

Venha saber mais sobre trair a dieta em viagem e as Queijadas de Vila Franca do Campo com o 1001 Dietas.

O 1001 Dietas foi até aos Açores e não resistiu a trair a dieta com uma Queijada de Vila Franca do Campo. Esta é uma situação familiar, não é?

Tal como as épocas festivas, como o Natal ou a Páscoa, que nos levam a salivar sobre o bolo rei ou o folar; ou como os meses veraneantes, onde se torna difícil ignorar o apelo das bolas de berlim e dos gelados; também as viagens parecem trazer a inevitabilidade da quebra da dieta.

Não falamos só das diferenças horárias, que desregulam o nosso organismo; ou dos pequenos-almoços reforçados que nos servem nos hotéis.

Falamos das iguarias típicas das terras visitadas que nos prendem o olhar e nos fazem sentir que, sem provar aqueles pratos e doces, não teremos experimentado completamente a tradicionalidade do destino de viagem.

Nos Açores, provar São Miguel, significava termos de trair todas as nossas 1001 Dietas, fechando os olhos às calorias extra e aceitando o desafio – quase poético – de provar um dos mais aclamados doces conventuais da ilha: a Queijada de Vila Franca do Campo.

Tentámos fugir à tentação… mas não foi possível. Por isso mesmo – e para tentarmos descansar a nossa consciência – fomos saber mais sobre esta queijada, para percebermos se tínhamos feito mal em ceder ao desejo palativo.

Se quer saber mais sobre a Queijada de Vila Franca do Campo ou descobrir se será nocivo trair a dieta em viagem, encontrou o artigo certo para si.

comer aquela queijada

1. Queijada de Vila Franca do Campo: o que é?

A Queijada de Vila Franca do Campo, muitas vezes também conhecida como Queijada do Morgado ou Queijada da Vila, trata-se de um doce tradicional da Ilha de São Miguel, nos Açores. (1)

Muito apreciada na região e pelos visitantes da ilha, esta queijada provém de uma receita conventual. A sua receita foi criada pela mão de freiras do Convento de Santo André, recorrendo a ingredientes como a gema de ovo, o leite e o açúcar.

De textura inigualável e com um sabor único e totalmente inconfundível, esta queijada é um dos ex-libris da ilha.

Quantas calorias tem a Queijada de Vila Franca do Campo?

Uma Queijada de Vila Franca do Campo tem, sensivelmente, 209 kcal.

E como é a tabela nutricional da Queijada de Vila Franca do Campo?

Pelas calorias mencionadas, a Queijada de Vila Franca do Campo conta com 4,8 gramas de gorduras, 34,2 gramas de hidratos de carbono e 6,6 gramas de proteínas. (2)

2. Farei mal em trair a dieta em viagem?

Menos calórica do que seria de esperar, considerando a sua riqueza de sabor e a doçura inerente, esta queijada constituiu uma traição à dieta algo simples de solucionar. Para queimar 209 kcal, bastaria fazer 32 minutos de bicicleta ou corrermos por 21 minutos.

Mas será que, no geral, trair a dieta em viagem é um erro?

São vários os especialistas que afirmam justamente o contrário! A existência de dias ou refeições em que se “trai” a dieta (por muitos conhecido como o “dia da asneira”) pode, na verdade, ser benéfico para o emagrecimento. (3)

Ao darmos ao organismo um momento de indulgência, no seio de um período de dieta restritiva, estamos a premiar o nosso controlo e, de forma equilibrada, a melhorar a nossa motivação para continuar a dieta.

Além disso, como o corpo se encontra numa fase de privação, o seu metabolismo pode habituar-se a uma dieta menos calórica, o que resulta, muitas vezes, numa estagnação na perda de peso. Ingerir algo mais calórico na sua viagem pode, na verdade, ajudar a melhorar a resposta metabólica e a regular as hormonas, estimulando a perda de peso. (4)

3. Como fazer esta queijada em casa?

No 1001 Dietas apreciámos tanto a Queijada de Vila Franca do Campo que não sabemos se resistimos a fazer desta uma traição à dieta apenas em tempo de viagem. Por isso, procurámos a receita, que partilhamos agora consigo:

Para a massa irá precisar de:

– Meia colher de sopa (CS) de banha
– 1 CS de açúcar
– 1 CS de manteiga
– 1 ovo
– 250 gramas de farinha

Para o recheio irá precisar de:

– 6 gemas de ovo
– 1 clara de ovo;
– 1 colher de chá de manteiga
– 1 CS Farinha
– 2 litros de leite 
– coalho (q.b)

Preparação:

Pode iniciar a confeção pelo recheio. Aqueça o leite até estar morno e acrescente o coalho, abafando o recipiente para que o leite coalhe. Depois, remova o coalho com um pano, espremendo para retirar o soro e conseguir uma massa mais seca.

Amasse esta massa e, quando estiver bem fina, junte os ovos (gemas e clara), a manteiga e a farinha, misturando em lume brando até que levante fervura.

Deixe arrefecer levemente, passe numa peneira e reserve no frio.

No dia seguinte, poderá preparar a massa. Misture os ingredientes e amasse-os, estendendo depois com um rolo de cozinha. Procure cortar circunferências de massa com cerca de 12 centímetros de diâmetro.

Por fim, coloque papel vegetal nas formas para amparar a massa e recheie. Coza em forno médio, verificando pontualmente e retirando quando estiver cozido.

No final, deverá polvilhar a queijada com açúcar em pó.

Já visitou os Açores? Considera, como nós, que as Queijadas de Vila Franca do Campo são de um apelo irresistível? Já conhecia as suas caraterísticas nutricionais? Conte-nos – e aos restantes leitores do 1001 Dietas – qual foi a maior “traição à dieta” que já fez em viagem.

Poderá gostar também de ler:

3 melhores receitas saudáveis para emagrecer

7

Sem Comentários

Escreva um comentário