Dieta da água

Dieta da água, como beber água para emagrecer

A água é 70% do corpo humano e o seu consumo diário é importantíssimo para um corpo saudável. Vivemos num tempo onde a busca pelo corpo fit é importante e a água pode ajudar a conquistá-lo. Mas sabe qual é o papel da água na dieta? Já ouviu falar na popular “dieta da água”? E sabe como beber água para emagrecer de forma saudável?

Descubra tudo isto com o 1001 Dietas.

Vivemos numa época de procura.

Buscamos constantemente os melhores aliados para a obtenção do corpo perfeito e salutar, desejando encontrar, por entre os meandros da alimentação e do desporto, as melhores formas de cumprir os nossos objetivos.

Por vezes, esta procura passa pela contratação de um profissional, seja um personal trainer ou um nutricionista. Outras vezes, passa pela análise escrutinada dos alimentos que colocamos sobre o prato, questionando o papel de alimentos como o açaí, a banana ou o mel.

Hoje em dia, não faltam dietas para seguir, com a promessa de que nos ajudarão a cumprir o objetivo estipulado: a perda de peso.

Ainda assim, nem todas estas dietas são adequadas e seguras, havendo ainda algumas difíceis de seguir.

Uma das dietas da moda, que nos leva dos 8 aos 80, é a dieta da água. Sabemos que a maior percentagem do nosso planeta está coberta por água e que a maior percentagem do nosso corpo é formada por água.

É de esperar, por isso mesmo, que a importância deste elemento se manifeste a vários níveis, incluindo na saúde e no aspeto do nosso corpo. Mas será a dieta da água a melhor opção?

Hoje decidimos trazer até vós um artigo que “mergulhe” nesta água, para sabermos como ela é importante para a saúde e para a perda de peso e também para descobrirmos como beber água para emagrecer e quais os riscos ou vantagens da dieta da água.

Se tem curiosidade sobre esta questão, não deixe de ver as nossas respostas às perguntas mais comuns sobre esta temática.

1. Porque é que a água é importante na rotina alimentar?

A água é tão importante no quotidiano humano que, sem o seu consumo, uma pessoa não duraria mais do que alguns dias.

A água representa 70% do corpo humano e é responsável pelo funcionamento de todas as células e orgãos do nosso corpo.

A sua inclusão numa dieta saudável irá manifestar-se, contribuindo para a saúde.

A água agirá como um lubrificante corporal, será um componente de todos os fluídos corporais, ajudará a regular a temperatura do corpo e regulará, também, o sistema digestivo, promovendo a absorção de nutrientes essenciais e evitando situações como a obstipação.

2. Como beber água? Em que quantidade?dieta da água

Sendo este um elemento tão importante para a manutenção de um corpo saudável, é importante saber como beber água.

Embora se aclame a ideia de que se deve beber 2 litros de água diariamente, a verdade é que a quantidade de água que deve ser ingerida depende de vários fatores, incluindo a idade, o índice de atividade, o peso e também eventuais problemas de saúde.

O importante será consumir água suficiente para que não sinta sede e a sua urina se mantenha clara.

Vale a pena recordar que, diariamente, o corpo perde água através das fezes, da urina e também da pele e da respiração.

Esta água é reposta, não só através dos líquidos ingeridos mas também através dos alimentos. Na média, o ser humano deveria consumir entre seis e oito copos de água diariamente.

3. Quais os benefícios da água para o organismo?

A água tem vários benefícios para o organismo, entre os quais se destacam:
– Regulação da temperatura corporal;
– Lubrificação das articulações;
– Proteção dos tecidos corporais sensíveis;
– Produção de saliva e outros fluídos corporais;
– Garantia da absorção de nutrientes;
– Regulação do sistema digestivo;
– Regulação intestinal e prevenção da prisão de ventre;
– Melhoria ao nível da pele e do cabelo;
– Melhoria do metabolismo;
– Hidratação global do corpo.

4. Beber água emagrece ou beber água engorda?

Muitas pessoas questionam se beber água ajuda a emagrecer ou se, por outro lado, engorda.

A verdade é que a água pode ser a maior aliada do emagrecimento e da saúde e que o seu consumo é altamente benéfico.

Assim, podemos dizer que a água, no geral, ajuda a emagrecer. Ainda assim, alguns especialistas alertam para o facto de que o consumo excessivo de água durante as refeições pode, também, favorecer o aumento de peso, uma vez que atrasa a digestão dos alimentos ingeridos.

Beber água gelada emagrece? água emagrece

Sim! Quando se consome água em torno dos 4ºC, o que acontece é que o corpo irá gastar energia para recuperar o equilíbrio térmico.

Este é um processo chamado termogénese e que faz com que o corpo humano gaste mais energia, queimando mais calorias.

Embora este processo seja real e promova o emagrecimento, a verdade é que esta perda não é significativa. É esperado que, por cada 500 ml de água fresca, o corpo consuma 17 kcal.

E beber água morna emagrece?

Não existem estudos que subscrevam a ideia de que beber água morna ajude a perder peso. Ainda assim, esta técnica, proveniente do saber oriental, parece promover a desintoxicação do organismo.

Ao eliminar toxinas, esta poderá, a par com uma alimentação saudável, ser também uma aliada do emagrecimento.

5. É verdade que beber água em jejum emagrece?

Beber água em jejum, pela manhã, tem vários benefícios e, muitos deles, contribuem para o ajudar a emagrecer.

Além de ajudar na limpeza orgânica, desintoxicando o nosso corpo, a água, quando ingerida em jejum, gera a distensão gástrica, tendo um efeito saciante, que contribui para que a pessoa sinta menos fome e ingira um menor número de calorias ao longo do dia.

6. O que é a dieta da água? Dieta da água

Muito promovida nas redes sociais, nomeadamente através da hashtag water fast (#waterfast), a dieta da água apresenta-se como uma dieta altamente restritiva, que se propõe a ajudar quem a faz a perder 3 quilos em apenas 3 dias.

Nesta dieta, durante os três dias referidos, a pessoa pode apenas fazer a ingestão de 3 elementos: a água, o café e o chá.

A dieta da água tem resultados?

Em termos práticos, esta dieta ajuda, de facto, a perder peso de forma rápida, razão pela qual encontra tantos seguidores.

Os seus resultados, no entanto, têm a ver com a ausência da ingestão de qualquer tipo de caloria, o que faz com que os nutrientes, minerais e vitaminas essenciais para o bom funcionamento do corpo não sejam, também, integrados.

A dieta da água é segura?

Não. A dieta da água é uma dieta ancorada no jejum e, apesar de oferecer resultados rápidos e efetivos, esta não é segura. Esta dieta pode provocar um grande desconforto em quem a faz, gerando tonturas, dores de cabeça, desregulação orgânica, uma sensação intensa de fome e um aumento do cansaço.

Além disso, pessoas que tentam seguir esta dieta durante demasiado tempo correm o risco de provocar danos severos ao seu organismo, já que estão a privá-lo dos nutrientes fundamentais para o bom funcionamento.

Sendo uma dieta que faz perder peso celeremente, esta promove tanto a perda de massa magra como de massa gorda e apresenta resultados temporários, já que se torna impossível mantê-la por mais do que alguns dias.

Assim, esta dieta é um bom exemplo de promoção das chamadas dieta io-iô ou dieta sanfona.

7. Mas, se a dieta da água não é ideal, como incluir a água numa dieta?

As escolhas alimentares corretas e uma rotina nutricional equilibrada podem ter efeitos ainda mais positivos com a inclusão da água.

Assim, em vez da dieta da água, o ideal será que beba água regularmente e ao longo do dia, mantendo em simultâneo uma alimentação saudável.

No geral, assim, a água ajudará no aporte nutritivo, ao mesmo tempo que contribuirá para manter o seu corpo hidratado, para melhorar o seu rendimento físico e para impulsionar o bom funcionamento do seu sistema digestivo.

No global, a inclusão da água numa rotina alimentar saudável ajudará a atingir os objetivos de quem faz dieta, sem restringir demasiadamente o seu cardápio e sem o fazer passar fome.

Sabia como beber água para emagrecer? E já conhecia os perigos da famosa dieta da água? Alguma vez experimentou esta dieta? Conte a sua experiência pessoal aos restantes leitores do 1001 Dietas.

Algumas fontes: thehealthsciencesacademy  cdc  medlineplus  mdemulher nit  mayoclinic saude.abril
kidshealth

5

Sem Comentários

Escreva um comentário