Mel engorda

Mel engorda, quais os benefícios do mel de abelha

Mel engorda, quais os benefícios do mel de abelha, sabe?

Conhecer bem os ingredientes que colocamos sobre a mesa é o primeiro passo para garantir que conseguimos cumprir o objetivos propostos e perder peso. Sabe se o mel engorda? E conhece os seus benefícios?

Venha saber mais com o 1001 Dietas.

Hoje em dia, mais do que nunca, questionamos cada ingrediente que incluímos na alimentação.

A busca pela vida saudável e pelo corpo fit é um dos objetivos do nosso século e, cumprindo-o, continuamos à procura das melhores soluções para a conquista da saúde e da aparência perfeita.

Sabemos, melhor do que nunca, as consequências da obesidade e, talvez por isso, optamos por estilos de vida mais saudável e damos por nós a fazer perguntas sobre os alimentos mais diversos: as carnes, as sementes ou mesmo a fruta.

Perguntas como: “a banana engorda?”, “será que o café emagrece?” ou “será que a cerveja preta engorda mais do que a cerveja normal?” fazem, agora, parte do nosso quotidiano. E, naturalmente, os alimentos doces não fogem à norma e são, provavelmente, os primeiros a gerar dúvidas em nós.

Um desses alimentos é, sem dúvida, o mel de abelha. Temos um sem fim de questões quanto a este produto alimentar e queremos saber quais os seus benefícios ou os riscos do seu consumo.

Será que o mel engorda? Será que promove o emagrecimento? Será que se pode comer mel na gravidez? Se quer saber a reposta a estas e outras perguntas sobre o mel de abelha, este artigo é mesmo para si.

1. O que é o mel de abelha? Consumir mel engorda

O mel de abelha ou o mel puro pode ser descrito como um produto natural e doce, com um sabor caraterístico e uma grande versatilidade de usos culinários.

O mel de abelha é produzido através da transformação do pólen de flores e existem variações, no mercado, para mel de produzido através do pólen de flores diversas (como o mel de flor de laranjeira, por exemplo).

O mel é um produto algo polémico, havendo vozes contraditórias quanto às suas vantagens para a saúde e também vozes que afirmam que o mel engorda ou que traz vantagens para o emagrecimento.

2. Qual a composição do mel? O que diz a sua informação nutricional?

O mel é um produto calórico. Segundo a informação nutricional do mel, este contém 309.2 kcal por cada 100 gramas de produto alimentar, que correspondem a 15% do valor calórico que devemos ingerir diariamente.

Da composição do mel fazem parte vários nutrientes fundamentais para o organismo humano.

Entre eles destaca-se o cálcio, a vitamina C, o ferro, o magnésio, o fósforo, o zinco e a tiamina. O mel é ainda rico em hidratos de carbono, contendo 84 g de carboidratos por cada 100 gramas de produto alimentar, o equivalente a 28% da dose diária recomendada.

3. Mel puro: quais os seus benefícios?

O mel puro tem vários benefícios, tanto para a saúde em geral como enquanto aliado da dieta e promotor do exercício físico. Vejamos alguns benefícios do mel:

Mel: benefícios para a saúde

– Melhoria do aspeto global da pele;
– Fortalecimento do cabelo e das unhas;
– Prevenção e tratamento de gripes e constipações;
– Prevenção de doenças cancerígenas;
– Melhoria do sistema imunitário;
– Redução dos riscos de doenças cardíacas.

Mel: benefícios para os atletas e para a dieta

– Aumento da energia corporal;
– Aumento da resistência física;
– Desintoxicação orgânica;
– Promoção da perda de peso.

4. Quais as propriedades do mel?

O mel tem propriedades diversas, que promovem os benefícios mencionados. Entre as suas principais propriedades encontra-se a função antioxidante, a propriedade anti-inflamatória, a sua ação antibacteriana, a sua função na regulação hepática e o seu contributo para a melhoria da imunidade global do organismo.

5. Consumir mel engorda?  Consumir mel engorda

A ideia de que o mel engorda prende-se diretamente com o seu índice calórico. De facto, contendo um elevado número de calorias numa pequena quantidade de produto, é fácil acreditar que o mel engorda e que este pode ser nocivo para quem tenta emagrecer.

Ainda assim, a verdade é que, devido às suas propriedades, o mel de abelha pode promover o emagrecimento, dependendo apenas da forma como é feito este consumo.

O mel engorda quando é consumido de forma desregrada. Ainda assim, quando consumido com moderação, este pode ajudá-lo a cumprir os seus objetivos de perda de peso.

6. O consumo de mel é bom para a saúde?

Sim! O mel é bom para a saúde. Além da sua ação anti-inflamatória, este alimento ajuda no combate a constipações e na prevenção de gripes.

A sua função antioxidante promove a limpeza orgânica e este é, ainda uma excelente fonte de energia e um aliado fabuloso na prevenção e tratamento de doenças diversas.

7. Uma mulher grávida pode consumir mel?

O mel e a gravidez já foram, em tempos, considerados incompatíveis. A principal razão para tal era o facto de este produto alimentar estar associado à toxoplasmose e ao botulismo.

Ao longo dos anos, os estudos realizados não encontraram, no entanto, qualquer evidência de que o consumo de mel possa ser nocivo para a gestação.

Assim, comer mel na gravidez é uma possibilidade, contando que a gestante não sofra de alergia ao mel nem de problemas do foro gastrointestinal. Em caso de dúvidas, no entanto, o mais seguro será consultar um médico.

8. Posso comer mel se estiver de dieta?

Embora o mel seja calórico, o seu consumo poderá ser um aliado da sua dieta. Apesar do senso comum nos dizer que o mel engorda, a verdade é que a sua inclusão na dieta pode ajudar a promover um organismo mais saudável e no qual exista uma maior queima de gordura.

Isto acontece porque o mel puro promove a reparação orgânica, acelera o metabolismo e reduz a produção das hormonas que geram o stress e a ansiedade, promovendo assim a queima de gordura.

9. O que é a dieta do mel?

A dieta do mel foi uma dieta proposta em 2014 pelo nutricionista Mike McInnes que propunha a troca do açúcar por mel, minorando assim a produção de insulina e a acumulação de gordura com esta relacionada.

Segundo o nutricionista, o mel puro iria quebrar o ciclo vicioso do corpo na sua busca pelo açúcar, permitindo noites mais relaxadas, um sono melhor e uma queima de gordura. Mediante esta dieta, segundo o especialista, seria possível eliminar 1,5 quilos semanalmente.

Algumas fontes: medicalnewstoday  benefits-of-honey  belezaesaude  healthline  tabelanutricional vix  terra

6

Sem Comentários

Escreva um comentário