Pinhão engorda

Pinhão engorda, quais são as propriedades nutricionais do pinhão?

Pinhão engorda, quais são as propriedades nutricionais do pinhão

Dos maiores ingredientes aos mais pequenos; dos mais comuns aos mais ocasionais: as questões sobre o potencial e as propriedades somam-se. O pinhão não escapa a esta demanda inquisitiva e, por isso mesmo, damos por nós a fazer as mais diversas perguntas. Será que o pinhão engorda? Será bom para a saúde? Devo incluí-lo na dieta?

Venha descobrir as respostas com o 1001 Dietas.

Vivemos na era das dietas.

Hoje em dia, vamos do 8 ao 80 com facilidade, levados pelos mais distintos programas e pelas dietas da moda. O século XXI constrói-se com um objetivo comum: o do corpo fit e da vida saudável.

Cumprir este objetivo nem sempre é simples e, por isso mesmo, muitas pessoas recorrem às mais variadas dietas, que vão das mais saudáveis e nutritivas até às opções mais restritivas como é o caso da dieta japonesa.

Além disso, para que o cumprimento do objetivo se dê e se consiga rechear o prato apenas com as melhores opções, é comum que se questionem as propriedades, os benefícios e as desvantagens de cada ingrediente.

Nesta medida, não é incomum que se pergunte quais as propriedades da banana, ou se a Ginkgo Biloba engorda.

Outra pergunta feita com frequência diz respeito ao pinhão.

Muitas pessoas gostam particularmente do sabor desta semente mas perguntam-se se o pinhão engorda ou se, por outro lado, as suas propriedades nutricionais são importantes para o organismo.

Hoje, é para esta semente que olhamos, no sentido de descobrir as respostas às perguntas mais comuns sobre o pinhão.

Se também quer saber mais sobre este alimento e deseja descobrir se o pinhão engorda acompanhe o artigo.

1. O que é o pinhão? Pinhão engorda

O pinhão é uma semente do pinheiro (sendo comum, em Portugal, que pertença ao Pinheiro Europeu e, no Brasil, que pertença ao Pinheiro-do-Paraná). Este é formado dentro da pinha e, sendo proveniente de plantas gimnospérmicas, trata-se de uma semente que não está encerrada dentro de um fruto.

Esta semente é muito comum, sendo que a tradição do seu consumo, em Portugal, se associa muito, também, à época natalícia.

Quais as calorias do pinhão?

O pinhão é uma semente calórica. Por cada 100 gramas deste produto alimentar, estaremos a ingerir 673 kcal.

2. Pinhão: informação nutricional, o que diz?

O pinhão trata-se de um alimento calórico, rico em gorduras poliinsaturadas e monoinsaturadas.

Esta semente é ainda rica em fibras alimentares e apresenta-se como uma fonte fabulosa de proteínas (contendo 14 gramas destas por cada 100 gramas de alimento).

Olhando o pinhão a partir da sua tabela nutricional, vemos que este tem, também, hidratos de carbono, vitaminas, ferro, cálcio e magnésio.

O pinhão tem glúten?

Esta semente, embora possa ser usada para fazer farinhas, não tem glúten na sua composição, sendo uma boa opção para pessoas celíacas.

O pinhão tem vitaminas?

Sim! O pinhão contém várias vitaminas, com destaque para a vitamina A, a vitamina D, a vitamina C e as vitaminas do complexo B, B6 e B12.

3. Quais são as propriedades nutricionais do pinhão?

As propriedades do pinhão são diversas e contribuem grandemente para garantir a saúde do organismo. Quando olhamos o pinhão e as suas propriedades nutricionais, destacamos:

– Melhoria do sistema cardiovascular;
– Fornecimento de energia ao organismo;
– Efeito saciante e supressor de apetite;
– Melhoramento do sistema nervoso;
– Contributo para o melhor funcionamento do sistema sanguíneo;
– Efeito antioxidante;
– Prevenção dos efeitos do envelhecimento;
– Contributo para a perda de peso.

Será que o pinhão faz mal a diabéticos ou que o pinhão é bom para a diabetes? pinhão engorda

O pinhão é um bom alimento para quem tem diabetes, já que o seu consumo fornece energia sem fazer aumentar de forma abrupta os índices de glicose no sangue.

Ao evitar os picos glicémicos e de insulina na corrente sanguínea, este alimento permite a promoção energética sem acarretar riscos para os diabéticos.

Vale, no entanto, a pena ressaltar que os benefícios do consumo desta semente apenas se farão sentir no seu consumo moderado, não sendo conveniente o consumo desregrado da mesma.

4. Pinhão engorda ou emagrece?

Embora o pinhão seja um alimento calórico, o seu consumo moderado pode, na verdade, fazer dele um aliado ao emagrecimento.

Dizer que o pinhão engorda significaria, pois, ignorar uma grande parte das suas propriedades e benefícios.

O seu consumo em pequenos lanches, entre refeições, pode fazer com que a pessoa que se encontra em dieta sinta menos fome.

Isto porque o pinhão liberta no organismo o ácido linoleico, que promove a libertação da hormona colecistoquinina, sendo esta uma supressora do apetite.

Além disso, ao aliviar a tensão muscular, minorar a fadiga e conferir energia a quem o consome, o pinhão será um bom alimento para quem faz exercício, potenciando uma maior queima energética nos treinos.

Assim, a ideia de que o pinhão engorda é uma falácia, excepto para quem abusar deste consumo e não o fizer a par com uma rotina de alimentação saudável e de exercício físico.

5. Quais os usos culinários do pinhão?

O pinhão é um ingrediente altamente aclamado em todo o mundo, integrando a tradicionalidade culinária europeia, americana e asiática. O seu uso pode ser feito cru ou torrado, sendo comum a sua adição a molhos e saladas. Muitas vezes, o pinhão é também utilizado sob a forma de óleo.

Costuma consumir esta semente? Acredita que o pinhão engorda ou julga que este é um aliado do emagrecimento? Conte a sua experiência pessoal aos restantes leitores do 1001 Dietas.

Algumas fontes: pedesabores  mundoboaforma  vivasaude.digisa  blogdamimis  g1.globo  curapelanatureza

16

Sem Comentários

Escreva um comentário