Treino funcional emagrece

Treino funcional emagrece, como fazer este tipo de exercícios?

Treino funcional emagrece, como posso fazer este tipo de exercícios

O treino funcional (ou treinamento funcional) é um dos tipos de exercício mais aclamados dos nossos tempos. Mas sabe em que consiste este tipo de exercício? E sabe se o treino funcional emagrece? Se quer saber mais sobre o treinamento funcional e quer descobrir o seu papel no emagrecimento, venha com o 1001 Dietas descobrir mais sobre este tipo de treino.

Nos dias de hoje, a procura pelas dietas da moda e pelas melhores práticas de exercício físico estão na ordem do dia.

Muitas pessoas começam, agora, a lançar o olhar sobre diferentes formas de desporto, sabendo que, para a obtenção dos seus objetivos, mudar de atitude é o primeiro passo e existem atitudes a evitar para uma vida saudável.

O recurso a personal trainers, a prática de treinos calisténicos ou a prática de aulas de grupo fazem parte dos dias de muitas pessoas que desejam melhorar a sua qualidade de vida.

É neste contexto que encontramos, também, um dos treinamentos mais famosos da década: o treino funcional.

Hoje, é para este tipo de treino que olhamos. Sabe em que consiste esta prática? Sabe se o treino funcional emagrece? Se quer descobrir todas estas respostas, mergulhe nesta forma de exercício lendo o artigo que se segue.

1. O que é treinamento funcional ou o que é um treino funcional? Treino funcional emagrece

O treinamento funcional é um dos exercícios mais aclamados do século, já que muito se fala da forma como o treino funcional emagrece.

O treino funcional aposta fortemente no fortalecimento da região lombar e abdominal do corpo – locais conhecidos pela acumulação de gordura – e ajuda a fortalecer o core e a melhorar a postura corporal de quem o pratica.

O nome deste tipo de exercício deriva do facto de este assentar, fundamentalmente, nos movimentos normais do ser humano e de se adequar ao quotidiano dos seus praticantes, propondo atividades tão diversas como correr, fazer agachamentos, andar ou saltar.

Mas, afinal, como funciona o treino funcional?

O treino funcional tem exercícios diversos que podem, ou não, recorrer a utensílios. Este tipo de treino poderá recorrer a pesos, elásticos, cordas, cabos ou bolas; ou, por outro lado, apenas ao peso e força do próprio corpo.

Este tipo de atividade aposta em exercícios convencionais, que utilizam o próprio corpo; em treinos de core, que se centram nas extremidades e ajudam a melhorar a consciência do próprio corpo; e na cinestesia que, recorrendo a plataformas instáveis e volúveis, visa o melhoramento do equilíbrio e da resposta corporal.

2. Treino funcional: benefícios

O treino funcional tem diversos benefícios para quem o pratica, que derivam da forma como, fugindo aos movimentos mais mecânicos, promove o bem-estar e o prazer de quem o pratica. Entre os principais benefícios do treinamento funcional encontramos:

– Atividade pouco monótona e divertida;
– Facilidade de adaptação ao quotidiano;
– Possibilidade de realizar os exercícios em qualquer local;
– Melhoria das capacidades motoras do praticante;
– Prevenção de doenças cardiovasculares;
– Aumento da flexibilidade;
– Promoção de uma melhor postura e equilíbrio;
– Prevenção de lesões musculares;
– Aumento da flexibilidade e da força;
– Promoção da perda de massa gorda e do ganho de massa magra.

3. Treino funcional emagrece?

Sim, o treino funcional emagrece! Tratando-se de uma escolha comum, devido à forma como ajuda a melhorar o funcionamento orgânico, prevenindo lesões e reduzindo a massa gorda; este tipo de treino tende a deixar o corpo mais firme e definido, estimulando a perda de peso.

Além de queimar um grande número de calorias, os exercícios do treino funcional ajudam a manter o corpo num estado ativo, que continuará a queimar gordura mesmo após o término do exercício.

Ao trabalhar os músculos de todo o corpo, será ainda estimulado um emagrecimento global, onde a perda de gordura se fará acompanhar por um ganho de massa muscular, que promoverá a perda de peso em simultâneo com o aumento da firmeza corporal.

Mas, afinal, o treinamento funcional emagrece em quanto tempo?

Como em qualquer outro tipo de exercício, o treino funcional emagrece mais depressa ou mais devagar considerando o metabolismo e as escolhas do seu praticante.

Existem fatores diversos que interferem na forma como o treino funcional emagrece. Destaca-se por exemplo, a conjugação desta prática com outras, como a de uma alimentação saudável ou outro tipo de exercícios (entre os quais destacamos os exercícios aeróbicos).

O reforço do sistema imunológico do organismo e a promoção de uma nutrição saudável são importantes aliados do emagrecimento que, a par com a prática do treino funcional, poderão acelerar o emagrecimento.

Em média, e considerando um praticante que aposte, também, na reeducação alimentar, o treino funcional emagrece, de forma visível, num prazo entre 3 e 4 meses.

4. É possível fazer o treino funcional em casa?

Para quem acredita que o treino funcional emagrece mas quer fazê-lo sem recorrer a um ginásio, é possível fazê-lo.

Os exercícios que integram este tipo de prática podem, efetivamente, ser feitos em casa, embora o ideal seja sempre que a atividade seja supervisionada por um profissional de educação física, para que lesões sejam evitadas e erros não sejam cometidos.

A supervisão torna-se principalmente importante quando são usados aparelhos de musculação, sendo mais simples a realização, em casa, dos exercícios que não impliquem acessórios.
Alguns dos exercícios do treino funcional que pode experimentar em casa são: saltar à corda, agachamentos unilaterais, abdominais, prancha, corrida ou flexões de braços.

Pratica ou já praticou treino funcional? Na sua opinião, treino funcional emagrece? Quais os benefícios que sentiu na prática desta atividade? Partilhe a sua experiência pessoal com os restantes leitores do 1001 Dietas.

Algumas fontes: trxtraining lifestyle.sapo  mundoboaforma beachbodyondemand  exercicioemcasa
vidaativa

8

Sem Comentários

Escreva um comentário