Vegansexuais: o que são e o que defendem?

Vegansexuais: o que são e o que defendem?

A dieta vegan faz parte das tendências da atualidade e, para quem a segue, isto pode significar mais do que uma escolha alimentar. Hoje, a ideologia vegan pauta relacionamentos e existem, até, vegansexuais. Venha saber mais sobre esta questão com o 1001 Dietas.

Não existem dúvidas de que o mundo está a mudar. Hoje, as tendências das dietas começam a orientar-se para conceitos diversos, como a dieta cetogénica ou o jejum intermitente. A par com esta nova cultura do fitness e da preocupação com o corpo, as pessoas começam, também, a olhar para as questões ambientais com renovada preocupação.

Na junção destas duas tendências para com o corpo e o ambiente, nasce uma das maiores dietas da moda da atualidade: a dieta vegan.

O que começou como uma variante alimentar, no entanto, depressa ultrapassou este limiar, tomando expressão também na forma como as pessoas vivem a vida e escolhem os seus relacionamentos.

Os dados indicam que, hoje, existem cada vez mais pessoas que se consideram vegansexuais. Venha descobrir o que é um vegansexual e quais as suas expetativas de relacionamento.

Vegansexuais: o que são e o que defendem?

O que são os vegansexuais?

Vegansexuais são pessoas que seguem uma dieta vegan – uma dieta exclusivamente de origem vegetal – e que se recusam a ter um relacionamento amoroso ou sexual com pessoas que façam o consumo de produtos de origem animal. (1)

Olhando a dieta vegan como uma forma de vida e uma ideologia, estas pessoas consideram-se incapazes de manter um relacionamento com quem não partilha os seus valores e o seu estilo de vida.

Como os vegansexuais justificam as suas escolhas

A incapacidade de ter relacionamentos ou mesmo relações sexuais com parceiros que não sejam vegans é justificada, pelas pessoas que seguem a ideologia, da mesma forma que os anti-tabagistas justificam a incapacidade de se relacionar com quem fuma. (2)

Para os vegans, o corpo de uma pessoa que come carne é um símbolo de violência face ao universo animal e ambiental, que impede o relacionamento.

O que dizem os estudos sobre esta tendência?

A ideia da vegansexualidade foi apresentada por Annie Potts, uma investigadora neozelandesa que é também responsável pelo cunho desta nomenclatura.

O seu estudo contou com uma amostra de 157 pessoas, maioritariamente feminino. Entre este leque de pessoas, 63% afirmava, já em 2007, que se recusaria a dormir com alguém que não demonstrasse igual preocupação para com o ambiente e os animais. (3)

A tendência tem sido para que o número de vegansexuais aumente, havendo um grande número de vegans que afirma que recusaria um relacionamento com alguém que inclua produtos de origem animal na sua dieta. 

Já conhecia a tendência para a vegansexualidade? Conhece (ou considera-se) um vegansexual? Partilhe a sua opinião com os restantes leitores do 1001 Dietas.

7

Sem Comentários

Escreva um comentário