Exercício de rua no Inverno: como fazer o melhor aquecimento

Exercício de rua no Inverno: como fazer o melhor aquecimento

As atividades físicas de rua podem tornar-se mais complexas no Inverno, quando a chuva e o frio se tornam mais recorrentes. Se pratica exercício no exterior, venha com o 1001 Dietas saber como fazer o melhor aquecimento nesta fase do ano..

Muitas pessoas procuram, hoje, as atividades gratuitas e saudáveis e, por isso, existem muitas pessoas a fazer os seus treinos na rua.

É verdade que o exercício físico no exterior pode oferecer dificuldades em todas as épocas do ano e não faltará quem questione, sobre o exercício no Verão como superar os desafios nos dias quentes.

Ainda que o calor possa ser um inimigo dos atletas de rua no entanto, as maiores dificuldades apresentadas acontecem, por norma, no Inverno, quando as temperaturas e a chuva começam a dificultar a motivação e a prática dos exercícios.

Um dos aspetos fundamentais para o exercício no Inverno é um bom aquecimento, com rotinas dinâmicas, que garantam que os músculos estão quentes, para que evite lesões e se sinta mais confortável ao longo da prática desportiva.

Venha conhecer o melhor aquecimento para fazer, caso pratique exercício físico na rua durante o Inverno.

Exercício de rua no Inverno: como fazer o melhor aquecimento

O efeito do frio no corpo

O frio tem vários efeitos no corpo de um atleta que treina no exterior e que obrigam a que exista um bom aquecimento antes deste tipo de atividade. (1)

Para começar, por norma, quando as temperaturas são inferiores a 12ºC, existe uma redução da função muscular promovida pelos impulsos nervosos, que se tornam mais lentos. Assim, a força muscular pode também ser comprometida, se o aquecimento não for realizado.

A possibilidade de lesões musculares é ainda elevada por existir um menor fluxo sanguíneo para este tipo de tecidos. Assim, para evitar lesões mais graves, é fundamental aquecer os músculos, garantindo que o fluxo sanguíneo é aumentado e os ricos são reduzidos.

As lesões na região dos pés podem também acontecer com maior facilidade, já que o frio faz com que o corpo procure manter a temperatura corpora central, privilegiando os órgãos vitais, o que deixa as extremidades do corpo mais vulneráveis. (2)

Outro dos efeitos do frio no corpo do atleta é uma maior facilidade de desidratação. Assim, além de um bom aquecimento é também fulcral a ingestão de água quando se treina na rua.

Dicas para fazer o melhor aquecimento no Inverno?

O seu treino no exterior pode bem começar antes de sair de casa. Alguns dos aquecimentos que pode fazer em espaços fechados são bastante interessantes para quem deseja lançar-se no frio invernal para treinar. (3)

Para começar, nesta altura do ano, deve começar por garantir que faz o melhor dos alongamentos, investindo nos alongamentos de braços e pernas e também nas rotações de pernas, joelhos e ancas.

Fazer alguns agachamentos é também uma boa forma de aquecer a região das pernas e dos glúteos, garantindo que prepara os músculos para a atividade que ser irá realizar de seguida.

Também bastante úteis, na fase do aquecimento, são os saltos. Recomenda-se um salto realizado com as pernas à largura dos ombros, erguendo os braços durante o salto e colocando-os ao lado do corpo depois de aterrar.

Uma série destes saltos é fantástica para aquecer os músculos no Inverno.
Por fim, antes de terminar o seu treino regular de Inverno, é importante que se lembre que, nesta época do ano, é importante que aumente gradualmente a intensidade do treino, para evitar lesões.

Qual é o aquecimento que costuma realizar no Inverno? Tem algum plano especial de aquecimento? Partilhe a sua rotina com os leitores do 1001 Dietas.

1

Sem Comentários

Escreva um comentário