sal

Sal pode causar diabetes: o que dizem os estudos?

Estudos recentes indicam que o sal pode causar diabetes. Sabe quais as razões para que tal aconteça? Quer saber quais os perigos do sal para os diabéticos? Então, está na hora de saber mais com o 1001 Dietas. 

Numa época em que a nutrição cumpre, mais do que nunca, um papel fundamental nos nossos dias, são bem conhecidos os malefícios do sal na alimentação. Sobre este tempero, sabe-se que é recomendada uma dose extra de moderação, para bem da saúde do organismo. 

Além de o excesso de sal poder levar a situações indesejadas, como o aumento da tensão arterial ou a retenção de líquidos, o seu consumo em quantidades exageradas é ainda desaconselhado a gestantes, devendo haver um cuidado especial com o sal na gravidez

A procura pelas alternativas culinárias ao sal já não é nova mas, às antigas razões que promoviam esta busca, somam-se agora novas evidências científicas que indicam que o sal poderá, também, ser nocivo para o organismo, enquanto precursor da diabetes. 

Sabendo a pertinência desta questão lançámo-nos, por isso, sobre os estudos realizados, para trazermos até si as novas descobertas sobre o sal e a diabetes. 

Se quer saber se o sal pode causar diabetes, este é o artigo certo para si! 

sal

1. Estudo indica que sal pode causar diabetes

Um estudo recente, publicado na revista científica Cell Metabolism, nos Estados Unidos da América, apresentou os resultados que comprovam que não é apenas o açúcar a promover o aparecimento da diabetes, mas também o sal. (1

Este estudo, levado a cabo por diversos investigadores franceses, foi feito com recurso a animais (porcos anões) que tinham passado por uma cirurgia de bypass devido à obesidade e visava compreender a relação entre a colocação deste dispositivo e a redução do peso e da diabetes.

Com o estudo foi concluído que estes resultados se deveriam a uma menor absorção de glicose. Dado o papel do sódio na absorção da glicose concluiu-se também que o consumo de sal poderá ser tão nocivo para o aparecimento da diabetes como o consumo de açúcar, já que promove a sua absorção intestinal. 


Segundo relata o estudo, embora se trate de uma amostra animal, o resultado obtido pode trazer grandes benefícios no que diz respeito às formas de prevenção e tratamento da diabetes, sendo que a simples redução de consumo de sal poderá ajudar a melhorar as estatísticas internacionais. 

Este estudo vem reforçar um estudo antigo, de 1986, publicado na British Medical Journal que salientava já o papel do sódio na absorção da glicose pelo organismo humano. (2

2. Mas, afinal, qual a relação entre o sal e a absorção de glicose?

No organismo humano, as moléculas de sódio e de glicose contam com um transportador comum, que garante a sua absorção, no intestino, e a sua entrada na corrente sanguínea humana. 

Este processo, bem conhecido da comunidade científica, gerou vários estudos, incluindo os que acima referimos, que visavam demonstrar, estatisticamente, o impacto que o sódio poderia ter na absorção da glicose e atestar o consequente papel do sal enquanto causador da diabetes tipo 2. 

Um estudo sueco estabeleceu esta relação, mostrando o papel do sal no aumento da resistência insulínica e a forma como esta afeta as variantes autoimunes desta doença, incluindo a diabetes autoimune latente. (3

Quantificando as probabilidades, este mesmo estudo indicou que, por cada grama de sódio a mais – que equivale a 2,5 gramas de sal de cozinha – o risco de diabetes do tipo 2 aumenta em 43% e o risco de diabetes autoimune latente aumenta em 73%. (4)

3. Quais as recomendações no consumo de sal?

A Organização Mundial da Saúde tem vindo a preocupar-se com as evidências que associam o consumo de sal a problemas orgânicos. 
Desta forma, a recomendação atual é para que um adulto não consuma mais do 5 gramas de sal diariamente – o equivalente s 2 gramas de sódio. 

A entidade alerta ainda para a presença de sódio, de forma natural, em vários alimentos, como os ovos e o leite e adverte para a sua presença substancial em alimentos processados, incluindo enlatados, aperitivos, condimentos e molhos. 

A procura de alternativas para condimentar a comida é recomendada pela OMS e também pelos investigadores que continuam a associar o consumo excessivo de sal com as mais variadas doenças. 

Costuma ingerir muito sal? Sabia que o sal pode causar diabetes? Conte aos restantes leitores do 1001 Dietas qual é a sua opinião sobre esta temática e quais os condimentos que utiliza para tentar reduzir a quantidade de sal na sua alimentação. 

Poderá ter interesse também em:

2

Sem Comentários

Escreva um comentário