Chocolate e vinho tinto

Chocolate e vinho tinto: como as prendas de Natal mais comuns melhoram a sua pele

Chocolates e vinho tinto são duas das prendas mais comuns no Natal e, quem lhas oferece, pode estar a zelar pela sua pele! Como? Venha descobrir com o 1001 Dietas.

Na época natalícia não falta quem, na falta de outras ideias ou simplesmente por gosto pessoal, opte por oferecer aos familiares e amigos vinho e chocolate. 

Estes dois itens estão presentes no sapatinho de muitas pessoas e, apesar de parecerem iguarias pouco saudáveis, a verdade é que podem ter um impacto melhor na saúde do que aquele que imagina.

As preocupações sobre se o vinho tinto engorda ou a gravidez e chocolate não afastam as certezas científicas de que o chocolate amargo traz benefícios à dieta e o vinho também pode trazer, caso sejam ingeridos com a devida moderação.

Recentemente, alguns estudos relacionaram o consumo de vinho tinto e de chocolate com benefícios para a pele. Venha saber mais sobre o papel destes dois elementos para a saúde e beleza da sua pele.

Chocolate e vinho tinto

Quais as novas descobertas sobre o vinho e o chocolate?

Recentemente, um estudo levado a cabo pelos especialistas britânicos da Universidade de Exeter revelou que os benefícios do chocolate e do vinho para a pele mereciam destaque. (1)

Segundo este estudo, o vinho e o chocolate têm a capacidade de retardar os efeitos do envelhecimento, promovendo uma pele mais jovem e saudável, com maior firmeza e menos rugas.

Além de ajudarem a retardar o envelhecimento, combatendo os radicais livres devido à sua ação antioxidante, estes produtos alimentares teriam ainda, segundo destacou o estudo, a capacidade de rejuvenescer as células antigas, criando mutações comportamentais nas mesmas.

Como se explica esta ação do vinho e do chocolate?

Já não era novidade que os polifenóis presentes no vinho poderiam ter efeitos positivos na pele e no cabelo, melhorando o seu aspeto global. (2)

No entanto, para os investigadores deste estudo, os flavonoides presentes no chocolate e no vinho explicam grandemente a sua ação positiva sobre a pele.

Os flavonoides contam com um efeito antioxidante e anti-inflamatório, capaz de rejuvenescer a pele e de retardar a degeneração celular das células cutâneas. (3)

Esta nova descoberta poderá vir a ser utilizada em diversas terapias contra o envelhecimento.

Costuma oferecer e receber vinho e chocolates no Natal? Sabia dos seus benefícios para a pele e contra o envelhecimento? Conte aos restantes leitores do 1001 Dietas qual é a sua opinião sobre este novo estudo.

4

Sem Comentários

Escreva um comentário