Levedura de arroz vermelho

Levedura de arroz vermelho, porque é bom para o colesterol?

Na cultura chinesa, os usos culinários e as propriedades medicinais da levedura de arroz vermelho não são novidade. Entre os ocidentais, no entanto, este ingrediente apenas recentemente começou a ganhar expressão, especialmente junto de quem sofre de colesterol elevado ou se lança no universo das 1001 dietas.

Saiba o que é a levedura de arroz vermelho e por que razão esta é boa para o colesterol.

A Natureza está repleta de surpresas.

Entre estas, sem dúvida, encontra-se a forma como alguns produtos naturais – como o extrato de cardo mariano ou a levedura de arroz vermelho – se mostram benéficas para a saúde e se transformam em verdadeiras aliadas para a perda de peso.

No caso da levedura de arroz vermelho, as propriedades benéficas são diversas, passando pela desintoxicação corporal, a melhoria do inchaço, o melhoramento do funcionamento do sistema digestivo e também o reforço do metabolismo.

Ainda assim, a mais aclamada das suas caraterísticas diz respeito à forma como ajuda na prevenção e tratamento do colesterol elevado.

Sendo o colesterol uma substância produzida pelo organismo e transportada pelo sangue, esta pode tornar-se nociva quando existe em excesso, podendo acumular-se, aos poucos, e obstruir artérias.

Esta situação é altamente preocupante, já que pode gerar situações clínicas tão graves como o enfarte do miocárdio ou o acidente vascular cerebral (AVC).

É neste campo que o uso de levedura de arroz vermelho pode constituir um verdadeiro aliado, ajudando a manter o corpo saudável e a reduzir os índices de mau colesterol.

Sendo que o objetivo da dieta é, antes de mais, uma vida saudável, é sobre a levedura de arroz vermelho que hoje iremos debruçar-nos para que fique informado quanto aos seus benefícios, problemáticas e formas de consumo.

Acompanhe-nos para conhecer melhor a levedura de arroz vermelho.

levedura de arroz vermelho baixa o colesterol

1. O que é a levedura de arroz vermelho

“Monascus purpureus” é o nome científico do produto vulgarmente conhecido como levedura de arroz vermelho. Este elemento está presente em inúmeros suplementos alimentares e pode, também, ser integrado na culinária.

Na prática, este é retirado de um fungo presente no arroz e contém, na sua composição, uma molécula natural chamada de Monacolina K, elemento que comprovadamente ajuda a regular os níveis de colesterol na corrente sanguínea e, como tal, também a prevenir doenças do foro cardiovascular.

2. Composição e benefícios

Além de, como referimos, este alimento conter Monacolina K, este é também rico em esteróis e ácidos gordos.

A Monacolina K, no entanto, torna-se bastante importante no que respeita à ação preventiva e de tratamento da levedura de arroz vermelho no que respeita aos índices elevados de LDL, uma vez que foi esta molécula a dar origem às estatinas (substância química ainda hoje utilizada para reduzir o colesterol).

Na verdade, segundo os estudos realizados, pessoas que não toleram as estatinas (sofrendo dos efeitos secundários do medicamento) têm obtido resultados bastante positivos com o consumo da levedura de arroz vermelho.

A ação deste produto alimentar apresentou ainda resultados no aumento do “bom colesterol” (HDL) e na diminuição dos índices de triglicerídeos.

3. A levedura de arroz vermelho na perda de peso

Consumir a levedura de arroz vermelho irá ajudar a melhorar o seu metabolismo, a “limpá-lo” de toxinas e a garantir a redução de mau colesterol na sua corrente sanguínea.

Este poderá ser introduzido de várias formas na sua alimentação, trazendo consigo diversas vitaminas e fibras, que irão garantir um metabolismo rápido, uma boa digestão e também uma melhoria do trato gastrointestinal.

Além disto, o arroz vermelho é conhecido pela sua ação saciante e por ajudar a reduzir o desejo por alimentos menos saudáveis e mais calóricos.

Estes benefícios fazem, por isso, com que este alimento seja um aliado da sua dieta.

4. Efeitos secundários

Até ao momento, nos estudos realizados, não foram encontrados efeitos secundários nem problemas associados ao consumo de levedura de arroz vermelho em circunstâncias normais.

Ainda assim, os mesmos estudos alertam para o facto de que este produto deve ser evitado por mulheres grávidas, pessoas que sofram de problemas hepáticos, doentes com problemas renais e também indivíduos que tenham sido submetidos a transplantes.

Se optar por comprar um suplemento à base desta levedura para baixar os níveis de colesterol, no entanto, deve mencionar este facto ao seu médico ou nutricionista e garantir, ainda, que acompanha a sua toma com outras alterações na sua rotina.

Lembre-se de que é essencial praticar exercício físico, manter uma alimentação saudável e com baixos níveis de gorduras e, se for o caso, também deixar de fumar.

Já tinha ouvido falar da levedura de arroz vermelho? Toma ou já tomou este suplemento? Conte-nos tudo sobre a sua experiência pessoal.

Algumas fontes: celeirointegral  lifestyle.sapo  bancodasaude  seucorpoperfeito

7

2 Comentários

  1. Ana correia
    05/07/2018
    • Equipa 1001 dietas
      05/07/2018

Escreva um comentário