Balanço energético como o défice calórico garante uma dieta bem sucedida

Balanço energético como o défice calórico garante uma dieta bem sucedida

 Um dos segredos de uma dieta bem-sucedida é o défice calórico e a gestão eficaz do balanço energético. Não sabe o que isto significa? Acompanhe este artigo do 1001 Dietas! Nós explicamos!

Como sabemos, o mundo tem sofrido inúmeras alterações. A digitalização e a presença mais frequente na tecnologia dos dias é motivo de sedentarismo – é verdade – mas motiva, também, uma maior procura por informação e uma maior globalização de conceitos e produtos.

À medida que novos estudos vão avançando os princípios da dieta saudável ou enaltecendo os benefícios de treinar com um personal trainer ou de praticar pilates e yoga, as prateleiras das farmácias e dos supermercados preenchem-se de suplementos como a proteína whey e de alimentos “novos”, repletos de vitaminas e com as mais diversas proveniências.

As opções são cada vez mais e a lista de dietas da moda também se torna mais vasta, passando a incluir opções como a dieta vegan, a dieta sitfood ou até dietas orientadas para problemas de saúde como a dieta FODMAP.

No fundo, quem tenta reger a sua rotina por hábitos físicos e alimentares mais saudáveis está, em dada medida, a tentar encontrar o segredo da vida fit: um corpo saudável, elegante e funcional. 

Para quem quer fazer uma dieta de sucesso, no entanto, o segredo fundamental sempre residiu no balanço energético e no equilíbrio certo no que respeita ao défice calórico. Saiba mais sobre esta questão.

Balanço energético como o défice calórico garante uma dieta bem sucedida

Défice calórico: o segredo das dietas de sucesso

O número de calorias de que cada organismo necessita é diferente e varia consoante o sexo, a idade e o estilo de vida de cada pessoa; bem como variados aspetos orgânicos e metabólicos.

Os organismos necessitam, consoante todos estes fatores – que podem (e devem!) ser avaliados por um profissional de nutrição – receber diariamente um número de calorias que lhes permita manter um funcionamento vital saudável, para que o aporte de energia seja suficiente para que todos os processos orgânicos ocorram de forma natural e sem constrangimentos.

O número de calorias que precisamos de ingerir para garantir o bom funcionamento do corpo é conhecido como taxa metabólica basal (TMB). (1)
.

Balanço energético e dieta bem sucedida

Para que uma pessoa consiga emagrecer ou promover a construção muscular, independentemente da dieta que escolha seguir, o segredo está no balanço energético.

O balanço energético baseia-se, basicamente, na diferença entre o número de calorias ingeridas e o número de calorias gastas. Desta forma, podemos encontrar três tipos de balanço energético: (2)

1. Neutro: o balanço energético é neutro quando as calorias que ingere e as que gasta nas suas atividades orgânicas de repouso e nas suas atividades são equivalentes. É ideal para a manutenção do peso.

2. Positivo: quando ingere mais calorias do que as que o seu corpo consome, isto significa que o seu balanço energético é positivo. Neste caso, irá ganhar peso, sendo que, dependendo do tipo de alimento ingerido e da rotina de atividade física, poderá fazer armazenamento de gordura ou ganhar massa muscular.

3. Negativo: a ingestão de um menor número de calorias do que as que gastou ao longo do dia resulta num balanço energético negativo, que promove a redução da massa gorda e a decorrente perda de peso. No fundo, esta é a definição de défice calórico e o segredo da perda de peso.

Quais as técnicas para garantir o défice calórico?

Quem quer perder peso deseja, portanto, que o seu balanço energético seja negativo e é natural que, nestas circunstâncias, se questione qual a melhor forma de consegui-lo.

Existem, fundamentalmente, duas técnicas eficazes para garantir um défice calórico.

Em primeiro lugar, pode optar por uma redução na ingestão de calorias, aplicando dietas mais restritivas ou optando por contar calorias para garantir que ingere menos do que as que gastará ao longo do seu dia.

Outra alternativa, será aumentar a quantidade de exercício físico praticada, promovendo um maior gasto de energia. Atividades como o HIIT ou o crossfit são conhecidas por ajudarem a gastar muitas calorias. (3)

A aplicação simultânea de ambas as técnicas pode maximizar os resultados mas é fundamental acompanhamento especializado para garantir que o seu organismo está a receber energia suficiente para se manter saudável.

Já conhecia os conceitos de balanço energético e défice calórico? Qual é a sua opinião sobre esta temática? Partilhe com os restantes leitores do 1001 Dietas.

50

No Responses

Write a response